terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Carrefour indenizará empregada que tinha a bolsa revistada

A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve condenação do pagamento de indenização por danos morais pelo Carrefour Comércio e Indústria Ltda., no valor de R$ 5 mil, devido à revista periódica realizada em bolsa de ex-empregada. De acordo com o ministro Mauricio Godinho Delgado, relator do processo na Turma, ainda que, no caso, não tenha havido contato físico, a revista na bolsa expôs indevidamente a intimidade da empregada, justificando a indenização.
Com a decisão, a Sexta Turma manteve julgamento do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR), que havia reduzido o valor da indenização imposta originalmente pela 9ª Vara do Trabalho de Curitiba de R$ 7 mil para R$ 5 mil. Valendo-se das provas testemunhais do processo, o juízo de primeiro grau apurou que, na época em que a autora da ação prestava serviço na empresa, as revistas eram feitas pelo segurança, que apanhava pessoalmente os pertences das bolsas, retirava-os e depois os recolocavam.
Embora a revista tivesse o objetivo de proteger o patrimônio da empresa, o juiz entendeu que essa proteção não poderia ser realizada em detrimento da violação da intimidade de seus empregados e à submissão cotidiana deles a constrangimentos públicos e privados (artigo 5º, incisos V e X, da Constituição da República). "Há forma diversa de controlar eventuais furtos de mercadorias, como a utilização de um detector de metais", concluiu a sentença.
A empresa recorreu da decisão ao TRT alegando que não havia provas de danos no caso e que o valor era exorbitante. O Regional acolheu parcialmente o pedido, mantendo a condenação por dano moral, mas reduzindo a indenização, por entender que o valor fixado era exagerado, uma vez que a revista, embora pessoal, não era íntima. O novo valor, de R$ 5 mil, levou em conta também a condição econômica da empresa e a da empregada, cujo salário base era de R$ 402,00, e a gravidade da situação ofensiva.
Por fim, o Carrefour interpôs, sem sucesso, recurso de revista ao TST. A Sexta Turma negou-lhe provimento por entender que a revista diária em bolsas e sacolas, por se tratar de "exposição contínua do empregado à situação constrangedora no ambiente de trabalho", extrapola os limites legais do poder fiscalizador do patrão.
Processo: RR - 154700-23.2006.5.09.0009

Dilma acerta substituição do ministro das Cidades ainda esta semana; sai demissão na Casa da Moeda

O jornal “O Globo”, do Rio, revela hoje que “a presidente Dilma Rousseff acertou a saída do ministro das Cidades, Mario Negromonte, com a direção do PP e com o governador da Bahia, Jaques Wagner, seu avalizador”. Negromonte é suspeito de ter autorizado uma fraude para encarecer um projeto para a Copa do Mundo em Cuiabá. Além disso, segundo auxiliares, Dilma o considerava um mau gestor. No comando do maior orçamento do PAC em 2011, Negromonte pagou apenas 8% das autorizações de gastos do ano.
Será o nono ministro a deixar o governo Dilma. Desses ministros, seis foram após denúncias de irregularidades. De cada dez contratos firmados na área da habitação pela Secretaria Nacional de Habitação do Ministério das Cidades, envolvendo o repasse de recursos da União para Estados e municípios, pelo menos sete não saíram do papel. É o que aponta auditoria feita pela Controladoria Geral da União nos contratos assinados entre 2004 e abril de 2011. Segundo a auditoria, até abril do ano passado existiam 4.243 contratos na carteira da Secretaria de Habitação, o que corresponde a R$ 12,5 bilhões em investimentos. Deste total, 74% estão apenas na promessa, sendo que uma parcela considerável se refere a contratos antigos. Os contratos fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mas tratam especificamente de casas ou melhorias em conjuntos habitacionais ou favelas.
Negromonte poderá sair ainda nesta semana. Para substituí-lo, vários nomes do PP estão sendo analisados, inclusive o do Deputado mineiro Marcio Reinaldo.
CASA DA MOEDA
Foi publicada no "Diário Oficial da União", a exoneração do presidente da Casa da Moeda, Luiz Felipe Denucci Martins, que estava no cargo desde meados de 2008. Denucci foi demitido sob suspeita de receber propina de fornecedores por meio de duas empresas nas Ilhas Virgens Britânicas em nome dele e da filha. Assumirá a Presidência da Casa da Moeda interinamente o diretor de Tecnologia da empresa pública, Carlos Roberto de Oliveira.

SIND-UTE IMPETRA MANDADO DE SEGURANÇA PARA GARANTIR IMEDIATO CUMPRIMENTO DE 1/3

No dia 26 de janeiro o Sind-UTE MG impetrou Mandado de Segurança Coletivo com pedido de liminar para obrigar o Estado de Minas Gerais a cumprir imediatamente o artigo 2º, §4º da Lei Federal 11. 738/08, que trata de 1/3 da jornada do professor para hora atividade. O Mandado de Segurança Coletivo foi elaborado e distribuído pela equipe de advogados da assessoria jurídica da APEOESP (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo). Os advogados tiveram a oportunidade de conversar com o Desembargador relator deste Mandado de Segurança.
Este Mandado faz parte da estratégia do Sind-UTE de trazer à Minas Gerais escritórios com experiência nas demandas que não conseguirmos reverter pela negociação com o Governo do Estado. A experiência dos advogados que prestam a assessoria à APEOESP será importante para as nossas batalhas em Minas. Os advogados atuaram junto ao Departamento Jurídico do sindicato.
O Sind-UTE analisa a possibilidade de impetrar mandados de segurança individuais, a exemplo do que fez a APEOESP. As subsedes devem aguardar novas orientações.
Mandado de Segurança Coletivo número: 0344460-45.2012.8.13.0000
Desembargador Relator: Almeida Melo
Contato da Corte Superior do Tribunal de Justiça: sesup@tjmg.jus.br
Fonte: site do Sind-UTE MG e correspondência encaminhada às subsedes pelo Sind-UTE MG

Tortura e sofrimento: Empresa brasileira de aviação é acusada de transportar macacos para laboratórios

British Union for the Abolition of Vivisection (BUAV) divulgou nesta segunda-feira, dia 30, o nome de mais uma companhia aérea envolvida no transporte de primatas para fins experimentais. Trata-se da empresa brasileira TAM Linhas Aéreas. A companhia é acusada de transportar 11 saguis do Brasil para a Universidade de Nebraska, nos EUA.
Milhares de primatas são transportados por centenas de quilômetros mundo afora a serviço da indústria de pesquisa. Alguns são capturados na selva e cruelmente arrancados de seus grupos. Outros são criados em cativeiro e vivem confinados.
Nos últimos anos, um número crescente de companhias aéreas interrompeu seu envolvimento no transporte de primatas. Recentemente passaram a integrar essa lista a American Airlines, Caribbean Airlines e a IBC Airways.
A BUAV ressalta sua preocupação com os direitos animais. Ao longo dos anos muitos acidentes têm ocorrido pelo mundo, causando sofrimento e até a morte destes animais durante a viagem para os laboratórios. As causas da morte dos macacos geralmente estão relacionadas com pneumonia, gastroenterite, desidratação, perda de peso e infecções.
Manifeste-se
Entre em contato com a TAM Linhas Aéreas e peça o fim do envolvimento da empresa em um ato de crueldade e sofrimento como esse, que está intrinsecamente ligado ao comércio de primatas para pesquisa:

Emails: tamimprensa@tam.com.br e responsabilidade.social@tam.com.br .
Fonte: http://www.anda.jor.br/

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Cachaça

Não falta gente astuta neste mundo. A última de uns espertalhões americanos foi lançar uma “interessante” campanha publicitária para uma marca de pinga chamada Cabana Cachaça ($15). Bom, até aí nada de mais. Um dos problemas, porém, está exatamente em como os caras estão trabalhando essa campanha.
Primeiro, o clichê escolhido pela agência novaiorquina Avrett Free Ginsberg é um velho conhecido para divulgar a imagem do Brasil no exterior. Até porque as alternativas são limitadas: futebol, carnaval ou mulher.
A opção, desta vez, foi pela “beleza e sensualidade da mulher brasileira”. Aliás, bota sexualidade explícita (vejam o filminho de abertura no website da empresa). Segundo, a farsa publicitária também está em tentar criar uma conexão emocional com os consumidores americanos alicerçado no posicionamento Authentically Brasilian.
Ora, o produto, lançado nos EUA, não é bem genuinamente brasileiro. Muito embora a cachaça seja produzida no Brasil, utilizando um processo artesanal e bi-destilada (pelos menos é o que diz a escassa informação disponível sobre esse produto); tanto o jovem empreendedor norte-americano, Matti C. Anttila, ex-analista que trabalhava no Brasil no banco de investimento J.P.Morgan, quanto a agência de publicidade são de Nova Iorque.
É o caso clássico de start-up para enrolar gringos. E, ao que tudo indica, a estratégia parece estar funcionando. A cachaça divulgada em baladinhas caiu no gosto de algumas atrizes e socialites.
Também, belas garrafas e rótulos, investimento pesado em comunicação apelando para fortes associações à imagem do Brasil no exterior e, por fim, um produto de qualidade duvidosa. Para não dizer que o pessoal não vende a Cabana Cachaça por aqui, segundo informações, ela é encontrada no Fasano e certas lojas em São Paulo e no Rio.
 Se é uma boa cachaça eu não sei, mas que a propaganda é apelativa isso ela é. ENQUANTO O GOVERNO BRASILEIRO NÃO CUIDA DO QUE É AUTETICAMENTE NACIONAL PROMOVENDO NO MUNDO NOSSAS MARCAS, OS GRINCOS VÃO E TOMAM, FATURANDO EM CIMA  DOS TROUXAS, QUE FICAM BEBENDO UISQUE FALSIFICADO.
    Adriana Lacerda

Autoridades mineiras? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Em Santa Luzia, cidade mineira bem ao lado de Belo Horizonte, cartaz pregado em muros e postes anuncia festa, denomina Domingueira do Pó, em que drogas, mulheres e som automotivos estariam liberados. Moradores da região ficaram indignados especialmente por saber que o endereço em que a festa será realizada é ao lado de um Batalhão da Polícia Militar, no bairro de Londrina.
Nesse ritmo em que a coisa anda(ou desanda) em Minas, logo os cartazes desses eventos estarão anunciando a  presença do governador e do senador nas próximas ¨festinhas¨.(imagem Uol)

domingo, 29 de janeiro de 2012

Políticos que comprarem votos terão que pagar custos de nova eleição na qual não concorrerão.

"Os políticos com "ficha suja" vão sentir no bolso o preço de fraudar uma eleição.
"Isso fará com que os partidos políticos escolham melhor os seus candidatos", apostou Lewandowski.
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) firmou uma parceria com a Advocacia-Geral da União (AGU) para que todos aqueles que foram eleitos utilizando práticas ilícitas, como compra de votos, tenham que pagar pela realização de nova votação.
Desde dezembro de 2008, foram realizadas 176 eleições suplementares por causa de políticos que cometerem ilegalidades para vencer as disputas. O TSE já gastou mais de R$ 4 milhões para refazer eleições. Até março próximo serão refeitas votações em mais quatro municípios.
O custo médio de se refazer uma eleição é de R$ 40 mil. Para o TSE e a AGU, cobrar do político "ficha suja" tem efeito pedagógico.
"O nosso objetivo é o de prestigiar ao máximo a vontade popular", afirmou o presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski. Essa vontade é fraudada quando um político oferece benefícios ao eleitor em troca de seu voto, como uma camiseta, um terreno ou uma promessa de reforma de sua casa.
Segundo Lewandowski, a realização de eleição suplementar envolve dispêndio de dinheiro público. Há a convocação de mesários, o transporte de urnas, a necessidade de garantir a segurança de todo o processo. "É como se fosse uma eleição geral com todos os seus custos", exemplificou.
Para o advogado-geral da União, ministro Luís Inácio de Lucena Adams, o sistema atual de votação funciona muito bem, mas pode ser aperfeiçoado com a cobrança sobre o político que fraudar o processo eleitoral.
"A penalização econômica é fundamental nos casos em que a Justiça identificar a existência de abuso ou de corrupção, identificado o materialmente responsável", afirmou.
O convênio que foi assinado ontem por Adams e Lewandowksi terá cinco anos de validade. Esse será o prazo em que os políticos cassados serão acionados pela AGU para pagar pelas eleições.
"Isso fará com que os partidos políticos escolham melhor os seus candidatos", apostou Lewandowski.
O primeiro teste dessa parceria será nas eleições municipais deste ano.
Mas a AGU também vai entrar com ações com relação a votações anteriores. Até o fim de fevereiro, advogados da União vão pedir o ressarcimento a todos os prefeitos que foram cassados desde 2004.
Para cumprir essa meta, eles já estão analisando 211 casos de políticos cassados pelo TSE. Após esse prazo, a AGU vai atrás de políticos que fraudaram eleições antes de 2004.
As informações são do Valor Econômico

Yoani Sánchez: blogueira ou mercenária?

Por Altamiro Borges
Nas vésperas da visita da presidenta Dilma Rousseff a Cuba, a mídia colonizada tem feito grande alarde em torno do nome da blogueira cubana Yoani Sánchez. Ela é apresentada como uma “jornalista independente”, que mantém um blog com milhões de acessos e que enfrenta, com muitas dificuldades materiais, a “tirania comunista”, que a persegue e censura.
Na busca pelo holofote midiático, líderes demotucanos e, lamentavelmente, o senador petista Eduardo Suplicy têm posado de defensores da blogueira. Eles se juntaram para pressionar o governo a conceder visto para que Yoani venha ao Brasil assistir a pré-estréia do filme “Conexões Cuba-Honduras”, do documentarista Dado Galvão – que, por mera coincidência, é membro-convidado e articulista do Instituto Millenium, o antro da direita que reúne os barões da mídia nativa.
A falsa “jornalista independente”
Mas, afinal, quem é Yoani Sánchez? Em primeiro lugar, ela não tem nada de “jornalista independente”. Seus vínculos com o governo dos EUA, que mantém um “escritório de interesses” em Havana (Sina), são amplamente conhecidos. O Wikileaks já vazou 11 documentos da diplomacia ianque que registram as reuniões da “dissidente” com os “agentes” da Sina desde 2008.
Num deles, datado de 9 de abril de 2009, o chefe da Sina, Jonathan Farrar, escreveu ao Departamento de Estado: “Pensamos que a jovem geração de dissidentes não tradicionais, como Yoani Sánchez, pode desempenhar papel a longo prazo em Cuba pós-Castro”. Ele ainda aconselha o governo dos EUA a aumentar os subsídios financeiros à blogueira “independente”.
Subsídios e “prêmios” internacionais
Anualmente, o Departamento de Estado destina cerca de 20 milhões de dólares para incentivar a subversão contra o governo cubano. Nos últimos anos, boa parte deste “subsídio” é usada para apoiar “líderes” nas redes sociais. A própria blogueira já confessou que recebe ajuda. “Os Estados Unidos desejam uma mudança em Cuba, é o que eu desejo também”, tentou justificar numa entrevista ao jornalista francês Salim Lamrani.
Neste sentido, não dá para afirmar que Yoani Sánchez padece de enormes dificuldades na ilha – outra mentira difundida pela mídia colonizada. Pelo contrário, ela é uma privilegiada num país com tantas dificuldades econômicas. Além do subsídio do império, a blogueira também recebe fortunas de prêmios internacionais que lhe são concedidos por entidades internacionais declaradamente anticubanas. Nos últimos três anos, ela foi agraciada com US$ 200 mil dólares de instituições do exterior.
O falso prestígio da blogueira
Na maioria, os prêmios são concedidos com a justificativa de que Yoani é uma das blogueiras mais famosas do planeta, com milhões de acesso, e uma “intelectual” de prestígio. Outra bravata divulgada pela mídia colonizada. Uma rápida pesquisa no Alexa, que ranqueia a internet no mundo, confirma que seu blog não é tão influente assim, apesar da sua farta publicidade na mídia e dos enormes recursos técnicos de que dispõe – inclusive com a estranha tradução “voluntária” para 21 idiomas.
Quanto ao título de “intelectual” e principal dissidente de Cuba, a própria Sina realizou pesquisa que desmonta a tese usada para projetar a blogueira. Ela constatou que o opositor mais conhecido na ilha é o sanguinário terrorista Pousada Carriles. Yoani só é citada por 2% dos entrevistados – ela é uma desconhecida, uma falsa líder, abanada com propósitos sinistros.
O “ciberbestiário” de Yoani Sánchez
A “ilustre” blogueira, inclusive, é motivo de chacota pelas besteiras que publica e declara em entrevistas à mídia estrangeira. Vale citar algumas que já compõem o “ciberbestiário” de Yoani Sánchez:
- [Sobre a Lei de Ajuste Cubano, imposta pelos EUA para desestabilizar a economia cubana, ela afirmou que não prejudica o povo] porque nossas relações são fortes. Se joga o beisebol em Cuba como nos Estados Unidos;
- Privatizar, não gosto do termo porque tem uma conotação pejorativa, mas colocar em mãos privadas, sim.
- Não diria que [os chefões da máfia anticubana de Miami, sic] são inimigos da pátria;
- Estas pessoas que são favoráveis às sanções econômicas [dos EUA contra Cuba] não são anticubanas. Penso que defendem Cuba segundo seus próprios critérios;
- [A luta pela libertação dos cinco presos nos Estados Unidos] não é um tema que interessa à população. É propaganda política;
- [A ação terrorista de Posada Carriles contra Cuba] é um tema político que as pessoas não estão interessadas. É uma cortina de fumaça;
- [Mas os EUA já invadiram Cuba, pergunta o jornalista] Quando?;
- O regime [de Fulgencio Batista, que assassinou 20 mil cubanos] era uma ditadura, mas havia liberdade de imprensa plural e aberta;
- Cuba é uma ilha sui generis. Podemos criar um capitalismo sui generis.
Mentiras sobre censura e perseguição
Por último, vale rechaçar a mentira midiática de que Yoani Sánchez é censurada e perseguida em Cuba. Participei no final de novembro de um seminário internacional sobre “mídias alternativas e as redes sociais” em Havana e acessei facilmente o seu blog. Segundo o governo cubano, nunca houve qualquer tipo de bloqueio à página da “jornalista independente”.
Quanto às perseguições sofridas, Yoani Sánchez tem se mostrado uma mentirosa compulsiva e cínica. Em 6 de novembro de 2009, ela afirmou à imprensa internacional que havia sido presa e espancada pela polícia em Havana, “numa tarde de golpes, gritos e insultos”. Em 8 de novembro, ela recebeu jornalistas em sua casa para mostrar as marcas das agressões. “Mas ela não tinha hematomas, marcas ou cicatrizes”, afirmou, surpreso, o correspondente da BBC em Havana, Fernando Ravsberg.
O diário La República, da Espanha, publicou um vídeo com testemunhos dos médicos que atenderam Yoani um dia após a suposta agressão. Os três especialistas disseram que ela não tinha nenhuma marca de violência. Diante dos questionamentos, ela prometeu apresentar fotos e vídeos sobre os ataques. Mas até hoje não apresentou qualquer prova.

Rita Lee é presa: a cantora teria chamado PMs de "cavalo", "cachorro" e "filho da puta"

No último show de sua carreira, a cantora Rita Lee foi presa por desacato. O fato aconteceu na madrugada deste domingo (dia 29) em Aracaju. Levada à delegacia, ela já foi liberada.
A apresentacão na capital de Sergipe marca o encerramento da carreira ao vivo de Rita Lee. no último dia 21, no Rio de Janeiro. A cantora de 67 anos havia anunciado sua aposentadoria dos palcos.
A confusão ocorreu porque, durante o show, Rita Lee gritou contra policiais que teriam agredido alguns fãs. Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a cantora chamou PMs de "cavalo", "cachorro" e "filho da puta". Após o final da apresentação, ela foi levada a uma delegacia.
No Twitter, Rita Lee escreveu sobre o caso:
"Polícia dando trabalho p/ mim, quer me prender, embasamento legal ñ há, ñ retiro uma palavra do q disse, o show era meu!". "Alô twittlawyers, polícia abusiva e abusada, nao sou obrigada a fazer o q me pedem: ir à delegacia agora, ou amanha às 9". "Último show e ela vai presa? Nao poderia ser mais la cantante, afff". "Tô indo p/ a delegacia...a polícia d Aju ñ gosta d mim mas Sergipe gosta, estou dentro do carro, eles estaaoentravv".
Na delegacia, Rita Lee assinou boletim de ocorrência por desacato e foi liberada. A ex-senadora Heloísa Helena, que assistiu ao show, testemunhou a favor da cantora.

Fonte: IG

sábado, 28 de janeiro de 2012

Ator se suicida depois de matar o próprio cão, diz jornal

O norte-americano Nick Santino [foto], ator de novelas, se suicidou no dia do seu aniversário de 47 anos depois de ter matado o próprio cão, segundo informações do jornal New York Post.
De acordo com o jornal, o condomínio onde Santino morava em Nova York proibia pitbulls, raça de Rocco, o cão do ator. Além disso, alguns vizinhos reclamaram que o animal era barulhento e agressivo.
Sentindo-se pressionado a abandonar o cão, Santino matou Rocco na terça-feira. No mesmo dia, escreveu um bilhete: "Hoje eu traí e matei meu melhor amigo. Rocco confiou em mim e eu falhei com ele. Ele não merecia isso".
Sofrendo com a morte do cão, Santino acabou se suicidando no dia seguinte, O último telefonema que o ator fez foi para um ex-namorada. Logo depois, ele tomou uma overdose de remédios e morreu.
Santino atuou em All My Children e Guiding Light. De acordo com os amigos do ator, ele e o cão serão cremados.
Portal Terra

Piloto foge após queda de aeronave no centro de Januária.

Avião caido em lote vago. Foto da PM.
Os moradores de Januária ficaram apavorados nesta sexta-feira (27) depois que uma aeronave caiu no centro da cidade. O piloto conseguiu sair do veículo, que caiu em um lote vago, e fugiu do local apenas com um arranhão na perna direita, conforme testemunhas aos policiais do 30º Batalhão da Polícia Militar. De acordo com os policiais militares, o acidente ocorreu na rua Brasília de Minas, no bairro Bandeirantes, na saída para a cidade de Montes Claros. A aeronave agrícola, de modelo Falcão, é usada para pulverizar agrotóxicos em lavouras da região. Os policiais consideram a hipótese de que o piloto não teria habilitação para pilotar a aeronave e, por isso, teria fugido após o acidente. O veículo teve as asas e a parte traseira danificada, conforme os policiais. A Polícia Civil foi acionada, mas informou que os peritos não tinham competência para fazer tal análise da aeronave. Os militares acionaram a Agência Nacional de Avião Civil (Anac). O proprietário da aeronave não foi localizado, porém, um homem que disse ter vendido o veículo para um terceiro assumiu a responsabilidade de retirar a aeronave do local, de acordo com os policiais.
- Ana Clara Otoni -

Motoqueiros emboscam Gol perto do Batalhão da PM e matam casal a tiros e ferem outra.

Na madrugada de hoje, 28/01, duas pessoas foram assassinadas em Montes Claros, no chamado Trevo da Real, a poucos metros do Batalhão da PM. 
Foto:Rogeriano Cardoso,no blog Bastidores do crime.
Por volta das 2 horas, dois homens numa moto CB 500 prata emboscaram e atiraram várias vezes contra quatro pessoas que estavam num Gol com placa DCW 4817, de São Paulo. Um casal morreu na hora: Genaldo Malaquias da Silva, de 35 anos, e a menor Larissa Rosário Miranda Santos, de 16. Cristiane Souza foi atingida no ombro e levada para um hospital. A quarta pessoa que estava no carro, Warley Santos, de 28 anos, não foi atingida pelos disparos. 
Na fuga, os criminosos abandonaram a moto na Avenida Coronel Luiz Maia após serem atropelados por um veículo que passava pelo local. Dois suspeitos, identificados como Ramon Rosa de Paula, residente no bairro Morrinhos e Rodrigo Fernando de Souza Oliveira, ambos de 24 anos, foram detidos pela Polícia Militar. Segundo a PM, Rodrigo foi preso tentando recapturar a moto. Já Ramon foi detido ao tentar fugir de uma viatura policial com um capacete na mão. Ambos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil.
Os possíveis autores do duplo homicídio já foram identificados. De acordo com levantamentos do Grupo de Proteção a Vida (GPV), que esteve na cena do crime, Rato e Alemão são os principais suspeitos. As investigações apontam que Alemão é quem teria efetuado os disparos contra as vítimas, e Rato era quem pilotava a motocicleta.
Com a vítima Genaldo Malaquias, natural de São Paulo, a perícia técnica da Polícia Civil encontrou três carteiras de habilitação (CNH) diferentes, sendo duas com vencimentos no ano de 2011 e uma em 2016.

Cemig abre concurso

Inscrições começarão dia 19 de março
A Cemig anunciou concurso público para o preenchimento de 322 vagas. As inscrições começarão no dia 19 de março e vão até 17 de abril. As provas serão aplicadas no dia 20 de maio. As 322 vagas são para o cargo de Agente de Faturamento Motociclista, que exige Ensino Médio e idade mínima de 21 anos até a data de admissão. O salário é de R$ 806, mais gratificação de R$ 240. Há vagas disponíveis para o Norte de Minas, Triângulo Mineiro, Centro, Sul, Oeste e Leste de Minas. Os pedidos de isenção da taxa de inscrição devem ser feitos entre os dias 12 e 16 de março. O resultado do concurso será divulgado até o dia 27 de março, na internet.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Trabalhadora rural será indenizada por condições degradantes no serviço

Uma trabalhadora rural receberá indenização por danos morais porque era obrigada a fazer as necessidades fisiológicas em meio às plantações na propriedade em que prestava serviço. O recurso encaminhado ao Tribunal Superior do Trabalho foi analisado pelo ministro Aloysio Corrêa da Veiga, presidente da Sexta Turma, que considerou ter havido ofensa à dignidade da empregada. A decisão do colegiado foi unânime.
No caso, o Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (PA/AP) tinha reformado a sentença de origem e excluído da condenação imposta às empresas Agropalma e S.G. Fornecimento de Mão-de-Obra a obrigação de indenizar a ex-empregada. O TRT entendeu que a reparação deveria ser pleiteada de forma coletiva, por envolver outros trabalhadores.
Entretanto, o ministro Aloysio afirmou que a necessidade de ajuizamento de ação coletiva, como entendeu o TRT, não retira da empregada, titular do direito, a capacidade de entrar na Justiça com pedido de reparação por danos morais decorrente das condições degradantes de trabalho a que era submetida. Segundo o relator, ainda que o empregador tenha realizado melhorias nas condições de trabalho, com instalação de abrigos para alimentação e descanso e banheiros químicos, o pedido de indenização no processo se referia a período anterior às mudanças. Desse modo, como houve prova do dano moral sofrido pela trabalhadora, permanece o dever de indenizar.
O relator explicou também que a Constituição Federal garante a apreciação pelo Poder Judiciário de qualquer lesão ou ameaça a direito (artigo 5º, inciso XXXV) e assegura às partes o direito ao contraditório e à ampla defesa (artigo 5º, inciso LV). Assim, em função da conduta ilícita, as empresas respondem pelo fato de terem colocado a trabalhadora em situação indigna, descumprindo a legislação que prevê a existência de banheiros no ambiente de trabalho.
Em relação ao valor da indenização (R$11.020,00), o ministro Aloysio Corrêa manteve a quantia fixada na sentença de origem. Os demais integrantes da Sexta Turma acompanharam o relator.
Extraído de: Portal Nacional do Direito do Trabalho  - 26 de Janeiro de 2012

Lula visita presidente Lugo no hospital.

                                     Alckmin aparece de 'bicão' 
O presidente Fernando Lugo, do Paraguai, veio ao Brasil para fazer exames de acompanhamento após tratamento de um câncer linfático, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, o mesmo onde o presidente Lula está fazendo sessões de radioterapia, e Lula o visitou.
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, também resolveu "visitar" o presidente Lula, hoje.
É curioso que o governador não tenha visitado Lula antes, já que ele já está se tratando desde o fim de outubro, e só faça essa visita agora, quando está em baixa, principalmente, depois da repercussão negativa da monstruosidade que cometeu com crianças, mulheres, idosos, e trabalhadores no extermínio do Pinheirinho.
As fotos do encontro foram cordiais, afinal não se hostiliza uma visita de cortesia. A conversa durou cerca de 20 minutos. Ninguém falou o que conversaram, mas não é difícil imaginar que a orelha de Alckmin deve ter saído ardendo por ouvir de Lula coisas como... as donas Lindus (nome da mãe de Lula), com seus filhos pequenos, não mereciam ser arrancadas de seus lares no Pinheirinho para ficarem desalojadas, enquanto os tratores derrubavam suas casas construídas com suor e sacrifício, para entregar o terreno limpo para os interesses de um mega-especulador (Naji Nahas).
Os Amigos do Presidente Lula

POVO XAKRIABÁ TEM A POSSE DE MAIS TRÊS FAZENDAS RECONHECIDA POR JUIZ FEDERAL

O Juiz João Miguel Coelho dos Anjos, da 1ª Vara da Subseção Judiciária de Montes Claros julgou no dia 23 de janeiro deste ano procedente a ação ajuizada pela Comunidade Indígena de Morro Vermelho, Nação Xakriabá, município de São João das Missões contra os fazendeiros. Cerca de 50 famílias, lideradas pelo Cacique Santo Caetano retomaram em 2006 as fazendas São Bento, Catito e Boqueirão, que somam 514 hectares. A ação foi patrocinada pelos advogados André Alves de Souza e Marcos Antônio de Souza, da equipe de Assessoria Jurídica do CAA-NM, e por Valdir Farias Mesquita, da assessoria jurídica do CIMI.As famílias indígenas viviam desaldeiadas, de forma precária, na periferia de São João das Missões e Itacarambi, sem moradia digna e alimentação adequada, porque grande parte de suas terras foram invadidas por fazendeiros da região. Nas áreas retomadas, as famílias plantaram suas roças e construíram suas casas. A situação, porém, tornou-se conflituosa, e os xakriabá começaram a receber ameaças e pressões.
Acolhendo os argumentos da Comunidade Indígena, em sua brilhante decisão, o Magistrado afirma que “a presença da comunidade indígena Xakriabá na região do Município de São João das Missões é notória e independe de prova, mormente porque lá já houve a demarcação de duas terras indígenas”. Citando o antropólogo Jorge Luiz de Paula, o Juiz Federal frisa que ”em 1728, Januário Cardoso de Almeida, filho do expedicionário Matias Cardoso, doa terras aos índios aldeados, dando ordem para que à Missão fossem recolhidos os que andavam pelas fazendas alheias. O termo de doação foi registrado pelo líder indígena Eugênio Gomes de Oliveira em seu nome e de todos os índios que moram no São João das Missões em Januária, no ano de 1856, logo após a promulgação da Lei de Terras de 1850”
Segundo o Cacique Santo Caetano, o reconhecimento do seu direito de permanecer nas áreas vai trazer mais tranqüilidade e paz para a comunidade, que estava sempre angustiada com mede de ter de deixar suas terras.
Por Helen Santa Rosa - Assessora de comunicação do CAA-NM no  ASA Minas

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

FOLHA, deliberadamente, cria um mal-estar diplomático entre Brasil e Irã devido a sua compulsão pela mentira.

Mais uma vez a Folha mente. Desta vez foi sobre a entrevista dada a este veículo por Akbar Javanfekr, o Assessor de Imprensa do Presidente Mohmoud Ahmadinejad.
Veja a declaração dada pelo assessor:
Esclarecimento da Agência Iraniana IRNA sobre a materia publicada pela Folha de São Paulo
Ali Akbar Javanfekr, o Assessor de Imprensa do Presidente Mohmoud Ahmadinejad disse que o conteudo da sua entrevista com o jornal brasileiro, Folha de São Paulo foi 'Distorcida'
Teerã, 25 de Janeiro, IRNA - o Assessor de imprensa do Presidente Mahmud Ahmadinejad, Ali Akbar Javanfekr desmentiu o conteúdo da sua recente entrevista publicado no jornal brasileiro Folha de São Paulo, apontando que suas declarações foram “Distorcidas”.
Agência de notícias iraniana citou que Javanfekr tinha queixado das as relações entre os dois paises na presidência da Dilmão Russeff que são inferiores a ' anos de boas relações "de Brasilia com com Teerã.
Javanfekr salientou, no entanto, que a entrevista dele havia sido distorcida e por meio desta comunicação, enfatizou nas palavras ditas ao jornal Folha de São Paulo que “Presidenta Dilma precisava do tempo para consolidar as relações entre Teerã e Brasília”.
Javanfekr notou ainda, que tinha elogiado o governo do Brasil e o seu povo pelo seus apoios à República Islâmica do Irã. Brasília insistiu no passado em manter um diálogo diplomático com Teerã sobre o programa nuclear da República Islâmica, uma política que havia começado com o antigo Presidente Luiz Ignácio Lula da Silva em que rejeitava qualquer uso da força fora do âmbito das Nações Unidas.
Nos EUA, o jornal New York Times, citou na terça-feira que Javanfekr, tem afirmado na sua entrevista com o jornal brasileiro Folha de São Paulo que a Presidente Russeff Dilma tinha destruído anos de boas relações entre as duas nações.
Lula da Silva, que deixou seu cargo, visitou Teerã em 2010 e introduziu no Médio Oriente a diplomacia brasileira atraves de uma tentativa de amenizar a crise sobre o programa nuclear do Irã. E junto com o Governo da Turquia, ele forjou um acordo de troca de urânio enriquecido com combustível nucleares com o Irã.
Este acordo falhou após a rejeição da administração da Obama e Irã afirmou que iria continuar com o enriquecimento de urânio.
Mesmo assim, as exportações do Brasil para o Irã aumentada durante os meses seguintes. E o Irã superou a Rússia em 2011, como o maior mercado de exportação de carne brasileira.

A Agência de Notícias da República Islâmica/IRNA New.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Brasil concede visto à dissidente cubana que se vendeu aos Estados Unidos.

La bloguera de Washington ha recibido medio millón de dólares en 4 años.


O Ministério das Relações Exteriores informou nesta quarta-feira que concedeu visto para a filóloga e pseudo jornalista cubana Yoani Sánchez, que ficou conhecida por manter um blog financiado a dólares,no qual combate o regime comunista. Sánchez foi elencada entre as 100 pessoas mais influentes em 2008 pela revista americana Time.
Sánchez recebeu convite do cineasta Cláudio Galvão da Silva para comparecer à exibição de estreia do documentário Conexão Cuba-Honduras, em Jequié, na Bahia, prevista para o próximo dia 10 de fevereiro. Galvão pretende com isso espaço na imprensa golpista brasileira.
O visto de turista para viajar ao Brasil foi solicitado pela cubana em 20 de janeiro, junto à Embaixada do Brasil em Havana. Segundo a ¨vendida¨, em seu twitter, a dificuldade agora será conseguir a permissão para sair da ilha. Conseguindo, devera vir gastar aqui os dólares conseguidos por vender seu país, seus irmãos e ser bajulada pela imprensa pseuda brasileira, mas também vendida ao capital americano. Será a união dos antinacionalistas.

Aécio enfrenta Tucanos para enfrentar PT em 2014

A entrevista de Fernando Henrique Cardoso para o jornal "The Economist" foi providencial para Aécio Neves. Destruiu o nome de Serra (jogou toda a culpa da derrota no seu colo e, ainda, o chamou de arrogante) e sinalizou para todo partido que a bola da vez dos Tucanos é o senador mineiro.
O problema a ser administrado pelos aecistas é que o ex-presidente FHC disparou contra o PSDB de São Paulo, indignando a base nacional dos tucanos. Parece que FHC se esqueceu que, quando se fala de PSDB, se fala em São Paulo, o que colocou Aécio na mira dos serristas.
O mineiro que se cuide, porque um dos nomes trabalhados pelo PSDB é o de um ex-ministro que tinha portas abertas tanto no governo de Lula quanto no do próprio FHC. Aécio e sua irmã controlam a imprensa mineira com mãos de ferro, mas a imprensa paulista está nas mãos dos tucanos daquele Estado, e podemos esperar mais notícias de farras e drogas do senador mineiro. Tem muitas penas para voarem no ninho tucano.
Estratégia para 2014 em 2012.
A entrevista causou um aprofundamento ou crescimento vertical da campanha de Aécio sem raízes em seu próprio partido(PSDB) e em alguns territórios onde não tem lastro,como o nordeste. Mas a preocupação estratégica de Aécio no momento, dois anos antes do pleito e em ano de eleições municipais, está sendo a vitória em cidades-polo de sua terra natal, Minas Gerais. Para isso sua equipe tem recomendado a suas bases nos grandes colégios eleitorais a esperarem e manterem contatos com Belo Horizonte antes de se comprometerem com nomes e partidos.

Ricardo Boechat coloca o tucano Alckmin em seu devido lugar

"Governador Geraldo Alckmin! Não adianta ir pra missa toda semana rezar, falar com Deus, ler a Bíblia e ser na prática no mundo dos homens, alguém que faz isso com o semelhante. Procure na Bíibia que o senhor lê a passagem que lhe dá cobertura moral e ética pra fazer o que o senhor fez." (Ricardo Boechat na Rádio Band)

Consumidores pagarão menos por chamadas de telefone fixo para celular

A partir de fevereiro, os consumidores pagarão menos pelas chamadas telefônicas de fixo para móvel. O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) definiu ontem (24) que o valor das tarifas dessas chamadas será reduzido. Em média, a redução será de 10% sobre os valores pagos pelos consumidores. Apesar de ter sido aprovada na noite de ontem, a medida só será válida a partir do mês que vem.
A decisão faz parte de uma norma da Anatel, aprovada em outubro de 2011, que define que os usuários deverão ser beneficiados com a redução de tarifas, de forma gradual, até 2014. A ideia é fazer com que os usuários possam obter ganhos de até 45% no que se refere ao pagamento de tarifas telefônicas.
Pela decisão da Anatel, aos poucos, os usuários vão pagar cada vez menos. No total, a agência pretende promover a redução em três etapas. A última deve ficar em 7%.
Até o fim do ano passado, os consumidores pagavam, em média, R$ 0,54 por ligação de telefone fixo para móvel. A ideia é que a partir de fevereiro eles passem a pagar R$ 0,48. Depois, em 2013, paguem R$ 0,44 e, em 2014, R$ 0,425.
A norma foi publicada em novembro de 2011. Após a publicação, as empresas de telefonia tiveram 20 dias para a execução da medida. Em caso de não cumprimento, a Anatel informou que tomará as providências em relação a essas empresas.
Agência Brasil

O Jornal DAQUI, que estará nas bancas amanhã, está a disposição via net.

Peneirada Funorte - CT Aimorés aberto para testes nesta quarta e quinta-feira

O departamento de futebol do Funorte informa que nesta quarta-feira (25) e quinta-feira (26), vai haver testes para garotos acima de 12 anos no CT Aimorés, que fica no Distrito Industrial.
O teste vai ser dirigido pelo Departamento de Futebol do Funorte e vai contar com a apreciação da Comissão Técnica que coordena o atual time profissional.
Quem quiser fazer o teste pode ir direto ao CT Aimorés, na quarta-feira, a partir das 13:00 e na quinta-feira, a partir das 8:30. O teste vai ser comandado por Odair Borges.
Enquanto isso, a equipe continua os preparativos para o amistoso contra a seleção de Minas Nova, no próximo domingo, dia 27.
O treinamento está sendo realizado em dois períodos. Pela manhã a equipe está na Academia Atlética, no Bairro Sagrada Família e à tarde está revezando entre treinamentos no campo de futebol da Vallée e no Campus JK.
O Funorte estreia contra a Patrocinense dia 12 de fevereiro, às 17 horas, no Estádio José Maria Melo, em Montes Claros
Nairlan Clayton Barbosa - do Jornal O Norte

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

FHC declara preferência por Aécio na disputa com Serra para candidatura a presidência

Já era bem claro, para quem sabe, pelo tal “Brado Retumbante” da Rede Globo, que foi “casualmente” lançado.
Mas FHC, o decano do tucanato, tratou de explicitar, na entrevista à revista inglesa The Economist, que a Folha reproduz.
A tática para 2014 está montada: Aécio para a presidência, que livrará o PSDB do quarto massacre, pois, pela idade e candidatura inédita amenizara a vergonha da quarta derrota sequida; Alckmin para o Governo de São Paulo, para tentar fazer com que o provável naufrágio nas eleições paulistanas deste ano atinja o convés superior.
José Serra é impiedosamente moído pela fraternidade de tamanduá do ex-presidente. Que, aliás, “prevê” o obvio: “uma briga interna muito forte no PSDB, entre Serra e Aécio”.
Briga na qual, agora, ele assume publicamente o lado de Aécio.
Serra, a esta altura, é pura bile.
Ele atribui a Aécio o inferno astral que enfrenta com as denúncias da “privataria”.
E não admite a ideia de se tornar o “boi de piranha” para que FHC atravesse o rio com Aécio de grumete.
Enquanto ele, inservível como candidato futuro, é destroçado como o grande beneficiário dos negócios da privatização.
Serra não enfrentará isso de forma aberta, polemizando.
Não é da sua natureza o combate, mas a intriga e a perfídia.
Fernando Henrique julga-se Luís XV, conhecido como “o Bem-Amado”, que arruinou a França.
Serra de outra natureza, é o homem (de)formado na penumbra, nas negaças, no jogo palaciano.
Sente que há uma pinça se fechando sobre ele, para removê-lo de cena.
Não lutará como o leão que não é. Mas como a víbora que sempre foi.

Onda de radiação de tempestade solar se aproxima da Terra

No meio da temporada de tempestades solares mais intensa desde setembro de 2005,os cientistas afirmaram nesta segunda-feira que outra labareda do astro enviará radiações à Terra até a próxima quarta-feira e pode afetar satélites.
A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera (NOAA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos indicou que seu Centro de Previsões de Clima Espacial, no Colorado, observou a erupção solar no domingo às 14h (de Brasília). A radiação começou a chegar à Terra uma hora mais tarde e continuará até na quarta-feira.
O campo magnético da Terra já está afetado por uma ejeção de massa da coroa solar, após uma erupção ocorrida na superfície do Sol na quinta-feira, 19 de janeiro, segundo os astrônomos. A agência governamental afirmou que a tempestade ganha força e uma onda de radiação se dirige rapidamente à Terra.
"Devido a este fenômeno é quase certo que haverá uma tempestade geomagnética", ressaltou um comunicado da NOAA. "A labareda solar associada alcançou sua máxima altura no dia 23 de janeiro", acrescentou.
Um modelo informático feito pelo Centro de Previsões aponta que esta onda da tempestade terá seu maior efeito no campo magnético da Terra nesta terça-feira.
O problema principal desta radiação é a interferência com o funcionamento dos satélites e é um inconveniente em particular para os astronautas no espaço.
Fonte: Terra

Foi para o Guinness o gato de 2 caras mais velho do mundo

Frank and Louie, um felino cinza com duas bocas, dois narizes e três olhos, acabou de fazer 12 anos e é o gato mais velho do mundo com duas caras.
Sara Wilcox, porta-voz do Guinness World Records, disse que ele é "o gato Janus que mais sobreviveu", referindo-se ao nome cunhado pelo zoólogo britânico Karl Shuker, com base no deus romano das transições e dos portões.
Frank and Louie tem uma duplicação cranio-facial, uma condição congênita extremamente rara. O transtorno, também conhecido como diprosopia, pode levar parte ou toda a face de um indivíduo a ser duplicado em sua cabeça.
Entre os gatos domésticos foram registrados vários casos, mas poucos deles sobrevivem à idade adulta, disse Wilcox.
Frank and Louie nasceu em 8 de setembro de 1999. Sua vida notável será comemorada na nova edição do Guinness World Records de 2012, afirmou Wilcox.
A expectativa de vida de um gato de duas caras é de cerca de quatro dias porque em geral eles sofrem de outros distúrbios.
Fonte: UOL

Garoto chinês tem olhos que brilham no escuro e intriga médicos

Uma anomalia pouco comum está intrigando os médicos chineses que atendem o jovem Nong Youhui.
O garoto chinês nasceu com olhos azuis – o que é muito raro entre os chineses – e uma incrível capacidade de enxergar no escuro – o que é raro entre qualquer povo.
O mais fascinante é que os olhos do menino são como olhos de gato, pois brilham quando há pouca presença de luz.
O pai de Nong disse que, quando a criança era menor, os médicos falaram que os olhos do filho voltariam a ser pretos como o de qualquer outro chinês. Mas a criança cresceu e a anomalia não retrocedeu.
O grande problema, para Nong Youhui, é relacionado às situações em que a luz é muito forte, pois os olhos azuis dele bloqueiam pouca luminosidade. O caso vem sendo estudado há anos, mas ainda não há respostas concretas dos cientistas.
Fonte: Tecmundo

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

MAIOR SHOPPING DO NORTE DE MINAS, ATÉ AGORA, NÃO PASSOU DE PROJETO E PROPAGANDA.

CADÊ O SHOPPING?
No dia 15 de dezembro do ano passado, a pouco mais de um mês, o prefeito Tadeu Leite reuniu a imprensa para anunciar que a cidade estava ganhando, de imediato, um novo shopping que seria inclusive, o maior do Norte de Minas. Diretores de grupo denominado Falgo Empreendimentos e Participações e BII, anunciaram que o referido empreendimento estava garantido e que seria construído em terreno entre a Avenida Governador Magalhães Pinto e Osmani Barbosa. Além de ter mostrado para a imprensa o projeto da obra, garantiram que as obras seriam iniciadas no inicio de 2012 com inauguração prevista para outubro de 2013 a abril de 2014. Naquela ocasião este jornalista foi o único a comentar que tal obra não seria erguida com a facilidade com que foi anunciada pelo senhor Carlos Eduardo Almeida, representante da Falgo. Mais uma vez estávamos com a razão.
VERDADE DO SHOPPING
Placa no local onde anunciaram shopping
O que mais chamou a atenção deste jornalista foi que, antes de adquirir o terreno, representantes da emprega Falgo Empreendimentos e Participações e BII reuniram a imprensa garantido que o referido shopping seria construído em frente ao Chimarão, em terreno entre as Avenidas Governador Magalhães Pinto e Deputado Esteves Rodrigues. A este respeito a coluna fez questão de buscar informações e apurou que, pelo menos até o final desta semana, o terreno que pertence a um empresário da área de comunicação e a uma empresa de venda de tratores (Triama Norte), não havia sido adquirido.  Aliás, os diretores da Triama fizeram questão de deixar no local, em ponto estratégico, placa dizendo que o terreno pertence à empresa.
Negociações
Os empresários não desistiram de convencer os proprietários do terreno, Paulo Narciso e o grupo Triama Norte, a venderem a área, mas também estão tentando adquirir o terreno que hoje pertence à Cerâmica Cowan. No caso específico da área da cerâmica, que pertence à família Colares, está seria insuficiente para abrigar o projeto que foi apresentado à imprensa. O certo é de que a novela continua.
Aldeci Xavier, em sua coluna on line no jornal O Norte.

PSDB vai brigar pela presidência dos sindicatos

Tucanos nas trilhas dos petistas.
Lideranças tucanas articulam para chegar à direção sindical da Copasa, da Cemig e dos professores estaduais
Silenciosamente o PSDB articula tomar o controle dos três maiores sindicatos de Minas Gerais. Sindágua, Sindieletro e Sind-UTE terão eleições para escolher novos presidentes neste ano. A estratégia traçada pelos tucanos é ganhar as eleições para aumentar a capilaridade da legenda entre os sindicalistas e trabalhadores, respectivamente, da Copasa, Cemig e professores estaduais. A tática tem como objetivos garantir uma atuação mais branda em relação ao governo de Minas e preparar uma base de apoio para a candidatura do senador Aécio Neves à Presidência da República em 2014.
A primeira organização em que haverá o embate entre tucanos e a base de apoio da presidente Dilma Rousseff (PT) será o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos do Estado de Minas Gerais (Sindágua). A eleição na entidade está marcada para o próximo mês. O atual presidente, o petista José Maria dos Santos, está no cargo há nove anos e vai tentar o quarto mandato. Cada gestão tem um período de três anos. Hoje o Sindágua é filiado à Central Única dos Trabalhadores – braço sindical do PT.
Zé Maria, como é conhecido o presidente do sindicato, afirma que a chapa de oposição terá a presença de tucanos de forma “camuflada”. “Colocaram o PCdoB na cabeça de chapa para dar uma conotação de esquerda. Tem lá o PSDB com a Nova Central Sindical e o PPS com a União Geral dos Trabalhadores”, ataca o petista.
O candidato da oposição à presidência do Sindágua, Jorge Crisóstomo da Paz, diz que a acusação é “uma cortina de fumaça” do atual comando do sindicato. “Tem diretor da Força Sindical na chapa do Zé Maria. Se fôssemos do PSDB, seríamos da direção da empresa”, rebate o candidato, que é filiado ao PCdoB. O candidato explica que a ideia da sua chapa é unir a base de apoio da presidente Dilma mais o PPS. Além do PCdoB e do PPS, participam da chapa trabalhadores filiados ao PSB, PDT, PT e PSTU. “Você acha que o PSTU participaria de uma chapa com o PSDB?”, questiona.
No Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores na Indústria Energética e de Gás Combustível de Minas Gerais (Sindieletro), as eleições serão realizadas em abril, mas há a certeza de que haverá chapa tucana na disputa. “Temos a expectativa de que tenha uma chapa de oposição (tucana) nas eleições em abril”, afirma o coordenador-geral do Sindieletro, Jairo Nogueira Filho. “É saudável ter oposição, mas desde que seja dos trabalhadores. O que nos preocupa é essa movimentação declarada do PSDB em torno dos sindicatos. Isso pode trazer prejuízos para a categoria”, avalia o dirigente dos eletricitários, ligado à CUT.
Com eleições marcadas para novembro, a presidente do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-Ute/MG), Beatriz Cerqueira, diz que não há movimentação explícita dos tucanos para a disputa, mas que “há o interesse de vários grupos pela direção do sindicato”. “Tem um monitoramento nas redes sociais. Dizem que as eleições vem aí e que vamos perder”, conta a sindicalista.
Do Hoje em Dia - 23/01/2012

Criada comissões para acelerar trens turisticos

Ministério do Turismo criou três comissões para acelerar o processo de análise de projeto de trens turísticos e culturais no País. Os grupos vão tratar das questões relacionadas à destinação do patrimônio da extinta Rede Ferroviária Federal S.A (RFFSA) e à operação dos trechos ferroviários. A decisão foi tomada pelo Grupo de Trabalho (GT) de Turismo Ferroviário durante reunião, em Brasília dia 17 de janeiro.
Saiba mais sobre turismo ferroviário: http://www.brasil.gov.br/navegue_por/mapas/mapas/
 No que se refere à operação, serão tratadas questões como regulamentação dos serviços, incentivos, composição de tarifas, investimentos públicos e privados, entre outros. O GT busca também meios de facilitar o repasse, por meio de instrumentos legais, do patrimônio móvel e imóvel da RFFSA, tais como vagões, locomotivas, móveis, estações ferroviárias, entre outros.
A próxima reunião do GT, ainda sem data definida, será realizada no Rio de Janeiro, onde opera um dos trens turísticos de maior movimentação de passageiros do Brasil. O Trem do Corcovado (concessão federal) transporta quase 300 pessoas por hora e vai ampliar sua capacidade para 615 passageiros por hora com investimentos de R$ 64 milhões.
GT de Turismo Ferroviário
O GT de Turismo Ferroviário tem sob análise, no momento, cerca de 50 projetos de prefeituras e entidades privadas sem fins lucrativos. Número que poderá ser ampliado, segundo o Ministério do Turismo, à medida que os projetos em carteira forem sendo implantados.
O grupo tem como atribuição desenvolver uma política de fomento do turismo ferroviário no País nos segmentos de trens turísticos e culturais. A finalidade é recuperar, requalificar e preservar trechos o patrimônio ferroviário.
Integram o GT, representantes do Ministério dos Transportes, da Secretaria do Patrimônio da União (SPU), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e inventariança da Rede Ferroviária Federal (RFFSA), Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), além de representantes de entidades de classes do setor.

Prêmio vai selecionar 500 boas práticas culturais

Jovens camponeses que tenham entre 15 e 29 anos e que desenvolvam atividades culturais de mobilização e valorização da cidadania poderão ter os trabalhos reconhecidos nacionalmente. Isso porque, o “Prêmio Agente Jovem de Cultura: diálogos e ações interculturais 2011” vai selecionar 500 práticas com esse perfil em todo o País.
Os vencedores vão receber R$ 9 mil para investir em suas ações. As inscrições podem ser feitas até o dia 31. O concurso é desenvolvido em parceria pelos Ministérios do Desenvolvimento Agrário (MDA), da Cultura, da Saúde e pela Secretaria Nacional de Juventude, da Presidência da República.
Os trabalhos devem contemplar as áreas de comunicação, tecnologia, pesquisa, formação cultural, produção artística, intercâmbio e sustentabilidade.
Os interessados podem se inscrever, pela internet ou pelos correios. 
De acordo com as determinações do edital, só podem concorrer jovens brasileiros, naturalizados ou estrangeiros que residem no País há mais de três anos. Cada candidato poderá apresentar somente uma iniciativa cultural para a seleção. As propostas serão analisadas pela comissão técnica, que habilitará ou não o candidato para a fase de seleção.
Mais informações: http://www.cultura.gov.br

PELA 1ª VEZ, BRASIL TEM MENOS DE 1% DE DOMICÍLIOS NA “CLASSE E”

Imagem para virar arquivo do passado.
“Pela primeira vez, a classe E, a base da pirâmide social, representa menos de 1% dos 49 milhões de domicílios existentes no País. Isso significa que o número de brasileiros em situação de pobreza extrema teve drástica redução nos últimos dez anos, conforme apontam duas pesquisas de consultorias que usaram metodologias distintas.
Em números exatos: 404,9 mil ou 0,8% dos lares são hoje de classe E, segundo os cálculos do estudo “IPC-Maps”, feito pela “IPC Marketing”, consultoria especializada em avaliar o potencial de consumo. Em 1998 [FHC/PSDB], a classe E reunia 13% dos domicílios, indica o estudo baseado em dados do IBGE.
Marcos Pazzini, responsável pelo estudo, explica que os dados são atualizados segundo modelo desenvolvido pela consultoria, que leva em conta a pesquisa do “Ibope Mídia” sobre a distribuição socioeconômica dos domicílios, projeções de crescimento da população e da economia, entre outros indicadores. Os lares são classificados segundo o “Critério Brasil”, da “Associação Brasileira das Empresas de Pesquisa” (ABEP), que leva em conta a posse de bens e o nível de escolaridade do chefe da família.
O “Instituto Data Popular”, especializado em baixa renda, vai na mesma direção. Em 2001, a classe E era 10% da população (17,3 milhões) e, em 2011, tinha caído para 3,6% ou 7 milhões, segundo o estudo que divide a população pela renda mensal per capita – R$ 79 para a classe E.
“Não dá para dizer que acabaram os pobres, mas diminuíram muito, e a condição social deles melhorou porque tiveram acesso a vários bens de consumo, o que antes era praticamente impossível”, afirma Pazzini.
Segundo o sócio diretor do “Data Popular”, Renato Meirelles, a tendência das pesquisas é a mesma: uma forte redução do contingente de pobres. “Em dez anos, foram 10 milhões de pessoas a menos na classe E”, observa, ponderando que a divergência entre a ordem de grandeza dos resultados pode ser decorrente do fato de muitas pessoas da classe E não terem domicílio.
MOBILIDADE
As participações das classes E e D na estrutura social encolheram por causa da forte migração que houve entre 1998 e 2011. A fatia dos domicílios de classe D caiu quase pela metade no período, de 33,6% para 15,1%. Já os estratos C e B cresceram. Em 1998 [FHC/PSDB], 17,8% dos domicílios eram da classe B e, em 2011, representavam 30,6%.
Na classe C, o crescimento foi ainda mais significativo, de 31% em 1998 [FHC/PSDB] para 49,3% em 2011, aponta o “IPC-Maps”. Resultado: quase 80% dos lares brasileiros hoje já são de classe C ou B. “Não dá mais para falar em pirâmide social, com a baixa renda representando a maior parte da população. Agora, a estratificação social é como um losango”, diz Pazzini. Ele destaca que, hoje, o porcentual de domicílios mais pobres (0,8%) quase empata com o total de mais ricos (0,5%).”
FONTE: publicado pelo jornal “O Estado de São Paulo”

Inoperância da administração pública leva produtores rurais de Capitão Enéas a concertarem estradas vicinais.

Homens “arregaçaram as mangas” e pegaram no serviço com um trator e uma carreta. Pelo menos vinte pessoas estão no local fazendo o trabalho de recuperação da estrada vicinal. Veja matéria no blog da Gerlice

BBB: nova denúncia de estupro e os podres de Boninho na revista Veja

A TV Globo continua ocupando as páginas policiais com as delinquências promovidas no BBB (Big Brother Brasil).
O programa Domingo Espetacular, da TV Record, fez ampla reportagem, que dá um resumo da gravidade da situação, e trouxe duas graves acusações à baila:
Outra mulher acusou Daniel de a ter assediado sexualmente e a estuprado.
A reportagem também enfatiza uma grave denúncia publicada na revista Veja, que complica a situação da produção do programa:
Na manhã do último domingo, quando as câmeras do Big Brother Brasil 12 acompanhavam a ação entre os participantes Daniel e Monique debaixo de um edredon, o diretor do reality show José Bonifácio de Oliveira, o Boninho, foi alertado sobre a suspeita do público de que não se tratava de uma cena tórrida como tantas outras já vistas no programa. Já surgiam as primeiras reações indignadas no Twitter. Boninho, contudo, ordenou que não interrompessem.
video
 

Americano sobrevive após ter prego de 8 cm cravado no cérebro

Um americano de 34 anos sobreviveu após ter um prego de 8,25 cm cravado em seu cérebro, informou no sábado a BBC. Dante Autullo se recupera bem de uma cirurgia para a retirada do objeto nos subúrbios de Chicago.
Autullo estava em sua oficina quando uma pistola de pregos disparou próximo à sua cabeça. Mas ele não tinha ideia de que o prego havia perfurado seu crânio e se alojado no cérebro até o dia seguinte, quando passou a sentir náuseas.
A noiva de Autullo, Gail Glaenzer, disse à agência AP ele manteve o bom-humor após a cirurgia para a remoção do prego, que durou aproximadamente duas horas, em um hospital de Oak Lawn, Illinois.
"Ele se sente bem. Moveu todos os membros, conversa normalmente, ele se lembra de tudo. É incrível, um milagre", conta a noiva. Ela afirmou que não desconfiava que havia um prego na cabeça Autullo quando ele pediu para que ela limpasse um corte.
Autullo contou que inicialmente acreditava que a pistola de pregos havia apenas batido em sua testa, mas, posteriormente, deu-se conta de que quando a arma entrou em contato com a cabeça, o sensor do equipamento reconheceu a superfície lisa e disparou o prego.
Segundo o porta-voz do hospital, Mike Maggio, parte do crânio teve de ser removida para a realização da cirurgia e foi substituída por uma placa de titânio.
Fonte: Terra

domingo, 22 de janeiro de 2012

Pinheirinhos - Justiça tucana

Apesar da mídia, Dilma bate recorde.

Aprovação  da presidente Dilma que supera o de todos os presidentes dos últimos 22 anos : Ao completar um ano no Planalto, Fernando Collor tinha 23% de aprovação. Itamar Franco contava 12%. Fernando Henrique Cardoso teve 41% no primeiro mandato e 16% no segundo. Lula alcançou 42% e 50%, respectivamente.
DILMA - 59%

sábado, 21 de janeiro de 2012

Aécio Neves e Anastasia no banco dos réus.

Aecio e Anastasia sumiram com dinheiro da COPASA
Senador eleito é acusado de desviar R$ 4,3 bilhões
A Promotoria de Justiça da Saúde entrou com uma ação civil pública por ato deimprobidade administrativa contra o ex-governador de Minas Gerais e senador eleito Aécio Neves e a ex-contadora geral do estado, Maria da Conceição Barros.Na ação é questionado o destino de R$ 3,5 bilhões que teriam sido declarados nalei orçamentária como dinheiro repassado à Companhia de Saneamento de MinasGerais (Copasa) para investimentos em obras de saneamento básico. De acordo com a promotora Joseli Ramos Pontes, o repasse do dinheiro não foi comprovado.
Sob a grave acusação de desvio de R$ 4,3 bilhões do orçamento do Estado de Minas Gerais e que deveriam ser aplicados na saúde pública, a administração Aécio Neves/Antônio Anastasia (PSDB) – respectivamente ex e atual governador mineiro – terá que explicar à Justiça Estadual qual o destino da bilionária quantia que supostamente teria sido investida em saneamento básico pela Copasa entre 2003 a 2009.  
Devido à grandeza do rombo e às investigações realizadas pelo Ministério Público Estadual (MPE) desde 2007, por meio das Promotorias Especializadas de Defesa da Saúde e do Patrimônio Público, o escândalo saiu do silêncio imposto à mídia mineira e recentemente foi divulgado até por um jornal de âmbito nacional.  
Se prevalecer na Justiça o conjunto de irregularidades constatadas pelo MPE na Ação Civil Pública que tramita na 5ª Vara da Fazenda Pública Estadual sob o número 0904382-53.2010 e a denúncia na ação individual contra os responsáveis pelo rombo contra a saúde pública, tanto o ex-governador Aécio Neves, quanto o candidato tucano Antônio Anastasia, o presidente da Copasa, Ricardo Simões, e a contadora geral do Estado poderão ser condenados por improbidade administrativa.  
Dos R$ 4,3 bilhões desviados, R$ 3,3 bilhões constam da ação do MPE, que são recursos supostamente transferidos pelo governo estadual (maior acionista da Copasa) para investimento em saneamento básico, na rubrica saúde, conforme determina a lei, entre 2003 e 2008. Como a Justiça negou a liminar solicitada pela promotoria no ano passado, para que fossem interrompidas as supostas transferências, a sangria no orçamento do Estado não foi estancada.  
De acordo com demonstrativos oficiais da Secretaria de Estado da Fazenda, somente em 2009 a Copasa recebeu mais de R$ 1,017 bilhões do governo Aécio/Anastasia para serem aplicados em ações e serviços públicos de saúde para cumprimento da Emenda Constitucional nº 29/2000, à qual os estados e municípios estão submetidos, devendo cumpri-la em suas mínimas determinações, como, por exemplo, a aplicação de 12% do orçamento em saúde pública (a partir de 2004), considerada a sua gratuidade e universalidade. Em 2003 a determinação era que se aplicasse o mínimo de10% da arrecadação.  
Da mesma forma que não se sabe o destino dos R$ 3,3 bilhões questionados pelo MPE, também não se sabe onde foi parar esses R$ 1,017 supostamente transferidos para a Copasa em 2009.  
O cerco do MPE às prestações de contas do governo estadual iniciou-se em 2007, quando os promotores Josely Ramos Ponte, Eduardo Nepomuceno de Sousa e João Medeiros Silva Neto ficaram alertas com os questionamentos e recomendações apresentadas nos relatórios técnicos da Comissão de Acompanhamento da Execução Orçamentária (CAEO), órgão do Tribunal de Contas do Estado (TCE), desde a primeira prestação de contas do governo Aécio. Chamou-lhes a atenção, também, o crescimento, ano a ano, a partir de 2003, das transferências de recursos à Copasa para aplicação em saneamento e esgotamento sanitário.  
Os promotores Josely Ramos, Eduardo Nepomuceno e João Medeiros querem que a administração do governo de Minas e da Copasa, conduzida na gestão Aécio Neves/Anastasia, devolva ao Fundo Estadual de Saúde os R$ 3,3 bilhões que é objeto da Ação Civil Pública que tramita na 5ª Vara da Fazenda Pública Estadual e que segundo eles podem ter sido desviados da saúde pública.  
No pedido de liminar na ação, os promotores já antecipavam e solicitavam à Justiça que “seja julgado procedente o pedido, com lastro preferencial na metodologia dos cálculos apresentados pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, para condenar os réus, solidariamente ou não, à devolução de todos os valores transferidos à COPASA do orçamento vinculado às ações e serviços de saúde que não foram utilizados em saneamento básico entre os anos de 2003 e 2008, totalizando R$ 3.387.063.363,00 (três bilhões, trezentos e oitenta e sete milhões, sessenta e três mil e trezentos e sessenta e três reais), a serem depositados no Fundo Estadual de Saúde.”  
Como o MPE encurralou o governo e Copasa  
Para encurralar o governo do Estado e a Copasa, o MPE se valeu de sua autonomia investigativa e requereu às duas instituições as provas que pudessem revelar como foram aplicados os recursos públicos constantes das prestações de contas do Executivo e nos demonstrativos financeiros da empresa.  
O que os promotores constataram foi outra coisa ao analisarem os pareceres das auditorias externas realizadas durante esse período: “Além disto, as empresas que realizaram auditoria externa na COPASA, durante o período de 2002 a 2008, não detectaram nos demonstrativos financeiros da empresa os recursos públicos que deveriam ser destinados a ações e serviços da saúde.”  
As discrepâncias contidas nas prestações de contas do Estado levaram os promotores a consultar a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), à qual a Copasa deve apresentar seus demonstrativos financeiros e balanços anuais.  
Em sua resposta à consulta, a CVM respondeu ao Ministério Público Ofício que “após análise de toda a documentação, não foram encontrados evidências da transferência de recursos da saúde pública para investimentos da COPASA, nos termos da Lei Orçamentária do Estado de Minas Gerais e na respectiva prestação de contas do Estado de Minas Gerais, conforme mencionado na consulta realizada por esta Promotoria de Justiça”.  
Na página 26 das 30 que compõem a ação, os promotores afirmam o seguinte sobre a ausência das autoridades convocadas para prestar esclarecimentos sobre o assunto:  
“Ressalte-se que a COPASA recusou-se a prestar informações ao Ministério Público sobre os fatos aqui explicitados. Notificado a comparecer na Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde, seu Presidente apresentou justificativa na data marcada e não compareceu. A Contadora Geral do Estado também notificada a prestar esclarecimentos, na condição de técnica que assina a Prestação de Contas, também apresentou justificativa pífia e não compareceu na data marcada. Finalmente, a Auditora Geral do Estado, que também assina as Prestações de Contas do Estado, que poderia e até deveria colaborar com a investigação, arvorou-se da condição de servidora com status de Secretário de Estado, por força de dispositivo não aplicável à espécie, contido em lei delegada estadual (sic) e não apresentou qualquer esclarecimento ao Ministério Público.” 
  
Fabrício Menezes - Jornalista