terça-feira, 22 de novembro de 2011

Homem com dois pênis surpreende a Medicina

Portador de difalia quer manter se no anonimato e sem operar.
No município de Nova Iguaçu(RJ) um homem intriga a ciência por possuir dois pênis e ambos possuírem pleno funcionamento. O que mais surpreende os urologistas é que os pênis possuem autonomia. O caso foi apresentado no XVIII Congresso Estadual de Medicina Sexual em Brasília.
A difalia (ou diphallia) é uma condição rara com apenas mil casos registrados no mundo. Segundo pesquisas um em cada 5,5 milhões de homens tem dois pênis, no entanto apenas um dos pênis é funcional. O mais incrível no caso de Pedro Tavares Roncetti, 19 anos, é que ambos funcionam plenamente e possuem tamanho superior a média da população brasileira.
Os dois pênis medem (cada um) 17cm de comprimento e 11,5cm de circunferência. Os sistemas ejaculatórios são independentes e igualmente eficientes. A ereção depende de estímulos locais. Segundo relato do paciente as vezes ele está em uma relação sexual com um pênis completamente ereto e outro absolutamente flácido.
O mais comum é a utilização dos dois pênis durante suas relações sexuais. Michelly Zaragossa de Oliveira, 16 anos, namora Pedro Tavares há dois anos e diz que o mais comum é a utilização simultânea dos dois pênis durante a relação sexual. Ela disse que no primeiro momento ficou assustada com o fato, mas hoje acha perfeitamente normal.
A indústria de filmes pornográficos já fez diversos convites para que Pedro demonstre diante das câmeras seu dote original, no entanto ele que é evangélico não deseja chocar o mundo com este dom. Para Pedro ‘ter dois pênis foi uma benção. Posso transar e mijar ao mesmo tempo. Isso é lindo’.
Raro caso de Diphallia assimetrica
Dois penis funcionais também aconteceu na India.
Segundo informações de um jornal de Nova Delhi em 2006 um empresário indiano que nasceu com dois pênis removeu um deles para poder casar e ter uma vida sexual normal. O homem, que na época tinha 24 anos, se internou no hospital da cidade com o caso médico extremamente raro de pênis duplicado, disse o jornal Times of India.
"Um caso de dois pênis funcionais nunca foi visto na literatura médica. O mais comum, quando há duplicidade de órgãos, é que um seja mais rudimentar", disse um cirurgião entrevistado pelo jornal.
Segundo médico, a cirurgia foi um desafio, porque ambos os pênis foram bem formados e têm um bom fornecimento de sangue. O jornal não revelou o nome do hospital nem do paciente para que a privacidade fosse preservada.
Há cerca de 100 casos de órgãos duplicados ao redor do mundo. Este, em específico, acontece em um a cada 5,5 milhões de homens, segundo o jornal.
O caso brasileiro, como o indiano, surpreende a medicina pelos dois falos serem funcionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário