segunda-feira, 28 de novembro de 2011

O celular do futuro é lançado pela Nokia.

As seções de pesquisa e design da Nokia - o Nokia Design e o Nokia Research Center -, divulgaram uma prévia de um dos projetos desses setores. Capitaneado pelo uso de nanotecnologia, o HumanForm seria um telefone totalmente maleável e capaz de reagir a interações dinâmicas e emocionais do usuário...
Olhando o HumanForm pela primeira vez, já é possível ter a sensação de estarmos à frente de um modelo de telefone bastante futurista, deixando o design dos atuais smartphones bastante antiquados. Prestando mais atenção ao corpo, nota-se a propriedade translúcida empregada no telefone, na qual é possível enxergar por dentro do aparelho, sem notar onde fica o hardware que compõe sua estrutura interna.
Como se esses recursos já não fossem suficientemente grandiosos (no sentido de inventividade), os designers envolvidos neste conceito, Tapani Jokinen e Jarkko Saunamaki, expuseram em um vídeo promocional todos os demais usos que o HumanForm poderá ter. Em uma delas, o telefone mostra a capacidade de informar o humor da pessoa com quem se fala ao telefone. Há também uma superfície sensível ao toque presente em todo o aparelho, e ferramentas que utilizam a flexibilidade do HumanForm, como o recurso de zoom.
O Nokia HumanForm é um projeto bastante impressionante, e que deixaria até mesmo os autores de ficção científica maravilhados com suas possibilidades. Sendo um modelo futurista, ainda não há previsão de quando este conceito poderá vir à público, e se o mesmo será integralmente como exibido ou em pequenas porções, como melhorias em outros lançamentos da Nokia. Se você gostou deste projeto, pode acompanhar seu desenvolvimento e os demais produtos da marca no site research.nokia.com.
video

Aécio na revista Época.

Na balada com Ana Paula Junqueira em dia útil.
Antes do senador abrir a boca, tinham que fazer teste do bafômetro no baladeiro.
A revista Época, dos filhos de Roberto Marinho, cedeu generoso espaço ao senador mineiro Aécio Neves na edição desta semana. O tucano até parece embriagado pelas suas ambições. Ele tenta ocultar a grave crise da oposição de direita, endurece nas críticas ao governo Dilma e defende penas mais duras para os motoristas que dirijam bêbados. É sério! Faltou um bafômetro antes da entrevista!
Apesar do inferno dos demos e das sangrentas bicadas entre os tucanos, Aécio garante que “a oposição chegará altamente competitiva em 2014”. Para ele, o governo Dilma tende a se desgastar rapidamente. “É refém do que lá atrás se chamou de coalizão, mas que não passa de um governo de cooptação. O governo do PT abdicou de um projeto de país para se dedicar a ficar no poder”.
Bebedeira e perda de memória
O ex-governador, que fez alianças com deus e o diabo para se perpetuar no poder em Minas Gerais – inclusive cooptando a maior parte da mídia local, sabe-se lá com que expedientes –, lembra aqueles borrachos que esquecem o que fazem. Na sua embriaguez, eles ficam ainda mais agressivos. Aécio, na entrevista, tira a máscara de bom-moço e parte para o ataque direto contra a presidenta Dilma.
“Ela é responsável pela formação de seu governo, pela incapacidade de tomar iniciativas, pela falência da infra-estrutura no Brasil, pela má qualidade da saúde. Esse é um governo reativo, sem a dimensão necessária para produzir um futuro diferente para o Brasil – e que passou o ano reagindo às crises que surgiram. O malfeito só é malfeito quando vira escândalo”, afirma o santinho.
A parte mais cômica da entrevista
Mas a embriaguez [no sentido figurado] conduz a erros ainda mais grotescos. Aécio insiste em defender a maldita herança tucana. “Abrir mão de defender nosso legado foi o maior dos equívocos do PSDB”. Para ele, Lula só existe por causa de Itamar Franco e, principalmente, de FHC. “Essa foi a bendita herança para o governo do PT. E abdicamos de disputar isso”, afirmou, sóbrio.
Ao final da entrevista, a parte mais cômica. A Época tenta limpar a imagem do senador, flagrado no início deste ano com a carteira de habilitação vencida – a publicação da famiglia Marinho só não menciona que, segundo boletim de ocorrência da polícia carioca, ele estaria dirigindo “embriagado ou drogado”. A revista pergunta: “O senhor é favorável ao endurecimento da Lei Seca?”.
Aécio: Sou. Votei na Comissão de Constituição e Justiça pelo endurecimento da lei.

SELO DE QUALIDADE NA CORRUPÇÃO? – VAI PARA OS TUCANOS

Se você encontrar pelas ruas de sua cidade um cidadão parecido com José Serra e ele lhe disser “eu sou seu presidente”. Não se assuste e nem se preocupe. É o próprio Serra e não está louco, é cretino mesmo.
Eu não sei que critérios norteiam essa concessão, digamos assim, de selo de qualidade. Eduardo Galeano matou a charada – mata sempre – sobre esse negócio de verde. É só um exemplo. O Banco Mundial resolveu trabalhar com a cor verde, pinta a sujeira de verde e pronto, vira ambientalista
Marina Silva
Fica igual Marina da Silva e seus vários “tons” de verde, inclusive o tal verde marrom. Sei lá como é que é, mas sei que existe.
É o mesmo notável Galeano que mostra num trabalho exemplar – como sempre – que 80% dos danos ambientais são causados por 20% da população do planeta, logo, fácil entender que por banqueiros, grandes corporações e latifundiários.
Alguns anos atrás um desses “sábios” da política, ou tecnocrata, não me lembro, sugeriu pintar de cores vivas os barracos nas favelas do Rio para atenuar o impacto da miséria sobre os turistas. “Miséria colorida”. Virou música/crítica.
O WikiLeaks divulgou na sexta-feira, dia 18, telegramas que mostram o lobby de petroleiras norte-americanas sobre o Congresso brasileiro para que a exploração do pré-sal viesse a ser regulamentada dentro dos interesses dessas empresas. Ou seja, saquear o petróleo brasileiro.
Lobista um trem que pode ser definido assim – a legalização da atividade de corruptor.
À frente a embaixada dos EUA, diplomatas norte-americanos, empresários, toda a corja e a preocupação – “a indústria de petróleo vai conseguir combater a lei do pré-sal?” Ficaram aborrecidos, embora contem hoje com figuras como Sérgio Cabral, Renato Casagrande e outros maiores e menores (Casagrande é boneco de ventríloquo, por exemplo).
O mais importante foi o contato feito com José Serra, então candidato a presidente. Chamado a cumprir seu dever de agente estrangeiro, “tranquilizou os patrões”.
“Deixem esses caras fazer o que quiserem, depois a gente muda tudo”. Em linha reta, contando com a sua vitória, garantiu a entrega do pré-sal às companhias norte-americanas.
Os telegramas da embaixada dos EUA, de consulados, mostram que as empresas se enfureceram em 2009 com a definição que a Petrobras seria a única operadora. Os parceiros dessas empresas eram – são – Eike Batista, a FIESP e a CNI – Confederação Nacional das Indústrias. A Chevron, note-se que os telegramas são documentos oficiais, fez pressão junto ao governo dos EUA para manter no Brasil o embaixador Thomas Shannon “considerando que ele pode ter grande influência nesse debate”.
A estratégia era simples. Esperar as eleições, a posse de José Serra e mudar tudo, entregar tudo.
O acidente com um poço da Chevron na bacia de Santos não foi só um acidente.
A quadrilha estava perfurando em áreas fora dos seus limites e tentando chegar à camada do pré-sal para piratear petróleo brasileiro.
São criminosos. Compram empresários brasileiros – o que não é muito difícil e nem são tão caros assim, qualquer cacho de bananas e um apartamento em Paris resolve – e disponibilizam lobistas para atuar junto a deputados e senadores dispostos a aceitar uma grana extra – não são poucos, pelo contrário.
No Parlamento o PSDB é a porta de entrada. Na ação conjugada, na mídia, a GLOBO é o canal e William Waack o preferido de Hillary Clinton.
Hoje, 27 de novembro, ao comentar os movimentos populares no Egito, evidente a mando e seguindo instruções dos patrões, afirmou que “são puxados por um fio de fora”. Estava insinuando o Irã.
Quando se trata da Síria reclamam sanções contra violações dos direitos humanos. Manifestantes no Egito são massa enfurecida organizada pelo Irã. E na hora de jogar bombas despejam sobre a Líbia, o Afeganistão, o Iraque, ocupam e colonizam a Colômbia, quebram as colônias da Comunidade Européia e David Cameron é o porta-voz de sua majestade embalsamada, Elizabeth II.
Obama até hoje não perdoou não ter sido convidado para o casamento do príncipe Williams.
Selo de qualidade é por aí. No Brasil o selo de submissão e faço qualquer negócio vai para os tucanos. Não existe tucano inocente. O ser tucano já é atividade criminosa. Alguém escreveu dias da semana passada que a presença de José Serra na política nacional e seu desespero de representar qualquer coisa, “é patética”.
Acho que pior, mas em dimensão menor, é Míriam Leitão. No Natal, então, a moça desespera com previsões de cataclismas para o próximo ano. Aquele negócio que o Fantástico apresenta sempre, todo janeiro. Tipo um vulcão vai causar muitos danos, uma figura célebre vai morrer, um avião vai cair, FHC não vai pagar o financiamento que pegou com o governo para construir sua pirâmide, coisas óbvias e a mais óbvia delas, que José Serra vai continuar a imaginar que despachou no Planalto.
Que Dilma não é lá essas coisas tudo bem. Que o PT é um partido que cada vez mais se assemelha ao PSDB é fato.
Mas o selo de qualidade na corrupção vai para os tucanos. É conferido por Wall Street, pelas grandes corporações e bancos internacionais e costumam preferir hotéis de Foz do Iguaçu para “fazer negócios”.
Juntam uma horda de criminosos, mandam fazer um grande bolo de onde emerge uma pin-up com cara de Regina Duarte trinta anos atrás e mandam rodar um filme “patriótico” sobre a entrega da Amazônia.
O porteiro dessa história toda para não entrar nenhum estranho ao ninho é o coronel Brilhante Ustra, especialista em pau de arara, estupros, seqüestros, assassinatos, folha corrida de dar inveja a qualquer mequetrefe em tortura.
O tradutor é Hélio Costa, global que lustrava as botas de Dan Mitrione.
E estou falando de tucanos e afins (tem os braços, os tentáculos, etc) de alto coturno.
Juiz de Fora corre o risco de acabar transformando-se num grande loteamento da quadrilha tucana, em todos os sentidos. O mínimo para liberar pagamento de fatura devida pela Prefeitura é vinte por cento.
Nem falo dos estragos causados por aterros sanitários aqui e ali. Estão comprando até prefeito de Ewbank da Câmara para despejar lixo hospitalar, “gerar empregos”, trazer progresso.
Tudo com selo de qualidade de corrupção plena, absoluta e pintado de verde.
Inclusive os restos de corpos despejados pela TRUSCHER, quadrilha especializada nesse negócio de selo de qualidade.
Laerte Braga no   do redecastorphoto

Polvo sai da água e se arrasta em terra seca nos Estados Unidos

Polvo fora da água? Apesar de ser raro, o polvo costuma se aventurar em curtos passeios "terrestres".
A aventura foi gravada por uma família na Reserva Marina Fitzgerald em São Francisco, na Califórnia (EUA).
As pessoas não acreditavam no que viam. Espantadas, elas começaram a perguntar para o polvo: "Onde você está indo?".
O polvo ficou cerca de dois minutos fora da água e deixou para trás um caranguejo morto.
O vídeo já foi visto por mais de 3,8 milhões de internautas, principalmente, nos Estados Unidos, Canadá e Austrália.
Fonte: Folha.com

As primeiras-damas da corrupção

1ª Dama da cidade de Lagoa da Canoa,Fabiana Lira,na inauguração de sua loja.
Fiquem de olho nas mulheres dos prefeitos (e amantes também) de sua cidade. O município pode estar sendo roubado.
Cenas comuns do cotidiano político brasileiro. A corrupção mora aí, ao seu lado,em seu município. Vamos aos casos até agora descobertos:
O prefeito Marlan Ferreira (PP) e a primeira-dama Heloísa Barbosa,de Limoeiro de Anadia (AL),são acusados de fazer compras particulares com dinheiro desviado da merenda escolar.
Segundo o Ministério Público Federal, a primeira-dama de Belo Monte (AL),Mônica Tenório, embolsava R$ 5 mil por mês do dinheiro da merenda escolar.
Segundo investigações, Fabiana Lira,mulher do prefeito de Lagoa da Canoa (AL),Jairzinho Lira, usou o dinheiro da merenda para comprar uísque e até ração para cachorro.
Em Taubaté (SP), o prefeito Roberto Peixoto (PMDB) e a primeira-dama, Luciana Peixoto, ficaram três dias presos em junho, acusados de fraudar licitações e receber propina.
Rosely Nassim Santos,ex-primeira-dama de Campinas e também ex-chefe de gabinete da prefeitura, foi acusada de chefiar um esquema de fraude em licitações e cobrança de propina que lhe teria rendido R$48 milhões.
A esposa do prefeito Silvio Félix, Constância Félix, e dois filhos do casal, Maurício e Murilo Félix, foram detidos na quinta-feira (24/11) em Limeira, sob suspeita de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.O prazo da prisão temporária vence à meia-noite desta segunda-feira (28). 

Mistério: sueco pega fogo do nada no meio da rua!

Testemunhas contam que o homem estava esperando o trem quando entrou em combustão.
Tudo aconteceu em Gotemburgo, a segunda maior cidade da Suécia. O homem, que estava sozinho e não foi identificado, estava parado esperando por um trem quando, do nada, ele começou a pegar fogo.
Ninguém sabe como aquele fogo começou e foi tudo tão repentino que algumas pessoas nem se mexeram para ajudar o tal homem.
Segundo o site MSNBC, a testemunha que o salvou disse que a vítima gritava muito. - Eu corri até ele, arranquei meu casaco e ajudei a apagar o fogo junto de outro passageiro que também estava na estação.
Já no hospital Gothenburg Sahlgrenska, a polícia começou a investigar, e o mistério só cresceu, porque não se sabe quem é o tal homem. O policial Asa Anderson comentou o caso.
- Tudo que sabemos é que é um homem. Não sabemos sua identidade, idade ou circunstâncias do incidente.
Poucos são os casos em que pessoas entram em autocombustão espontânea, sendo que casos com diversas testemunhas são imensamente mais raras.

sábado, 26 de novembro de 2011

Reunião de vereadores, mal inicia, e termina em tapas na Câmara de Mato Verde

Tapas em plenario
Edgard Davi Melo (PSDB) dá socos em Wanderlino Souza (PHS) durante explanação da investigação.
Uma reunião ordinária, convocada para apurar denúncias de desvios de verbas na Câmara Municipal de Mato Verde, no Norte de Minas, acabou em pancadaria. Um dos vereadores denunciados, o secretário da Casa, Edgard Davi Melo, o Pesão(PSDB), desferiu socos no presidente do Legislativo, vereador Wanderlino Souza,Nego Soim(PHS), durante a explanação das investigações já iniciadas pelo Ministério Público Estadual (MPE). Todo o ocorrido foi filmado e postado em sites na internet.
O agressor teve que ser contido por dois policiais militares que faziam a segurança do local. Eles deram voz de prisão a Edgard, que foi encaminhado ao Destacamento Policial e depois liberado para apresentação na delegacia local. Com a paralisação da reunião, não houve decisão sobre o encaminhamento da denúncia.
Como o jornal Hoje em Dia adiantou em sua edição de 24 de julho, Edgard e o vereador Júlio César da Paixão Silva (PSDB) teriam emitido, segundo o MPE, durante seis anos, notas frias no valor total de R$ 250 mil para a construção da nova sede da Câmara, mas até hoje as obras não foram iniciadas.
Existe apenas um alicerce inacabado coberto por um denso matagal no lote doado pela Prefeitura ao Legislativo. A construção do imóvel deveria ter sido iniciada há três anos, quando Edgard presidia o Legislativo. O Executivo já requereu devolução do lote, já que o prazo para início das obras expirou.
O Ministério Público suspeita, ainda, que parte do dinheiro desviado, cerca de R$ 20 mil, teria sido investido em material de construção. Com a não construção da sede, os produtos teriam sido desviados para obras particulares dos parlamentares, como reformas em imóveis urbanos e rurais.
As denúncias sugiram quando moradores solicitaram esclarecimentos sobre a obra aos vereadores, quando o atual presidente repassou o caso para as comissões responsáveis. Ficou decidido, então, que os dois vereadores não votariam na reunião dessa sexta-feira, sendo convocados seus respectivos suplentes: Cristiano Barbosa Filho e Antônio Luiz Fagundes Meireles.
Atualmente, a Câmara funciona em um imóvel alugado por um valor mensal aproximado de R$ 545. Lá, os nove vereadores, que recebem salário bruto de R$ 1.950 por mês, com exceção do presidente, que tem um adicional de R$ 800, se reúnem duas vezes por mês. O Ministério Público também apura supostos gastos ilícitos, como notas fiscais de R$ 6 mil para serviços de táxi e superfaturamento nas compras de material de escritório da Casa.
Além das denúncias envolvendo os vereadores, o Executivo também foi alvo recentemente de investigação do Ministério Público. No final de junho, a juíza Gisélia Milene Santos, da comarca de Monte Azul, acatou a ação impetrada pela promotoria local, culminando no afastamento temporário da então prefeita Beatriz Fagundes Alves (PT), de seu filho Renato Fagundes Alves, tesoureiro da prefeitura, e alguns secretários.
Todos acusados de lesar o erário municipal em R$ 2 milhões. Ela retornou à prefeitura em outubro passado e a Câmara aguarda apenas as assinaturas dos dois vereadores tucanos, Edgard e Júlio César, para instaurar a comissão parlamentar de inquérito (CPI) para decidir sobre a cassação da prefeita. Ambos são da base aliada da petista.
Girleno Alencar no Jornal Hoje em Dia
Confira o vídeo da agressão:
video

Operador de José Serra está preso em Natal

247Enquanto a imprensa nacional acompanha os desdobramentos da ação deflagrada pelo Ministério Público Federal que bloqueou os bens do prefeito Gilberto Kassab, em razão de um contrato supostamente fraudulento na área de inspeção veicular, uma ação paralela – e muito mais explosiva – foi deflagrada simultaneamente no Rio Grande do Norte. 
Nela, foram expedidos 14 mandados de prisão na última quinta-feira. Um dos presos é João Faustino, suplente do senador Agripino Maia (DEM-RN) e uma figura muito, mas muito próxima do ex-presidenciável tucano José Serra. Enquanto Serra foi governador de São Paulo, Faustino despachava no Palácio dos Bandeirantes, como subchefe da Casa Civil, sendo diretamente subordinado ao então chefe da Casa Civil, Aloysio Nunes Ferreira, que hoje é senador. 
Quando Serra se tornou presidenciável, João Faustino passou a coordenar as atividades da campanha – inclusive a arrecadação de recursos – fora de São Paulo. O que Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, fazia em São Paulo, João Faustino fazia em outros estados.
Uma nota publicada neste sábado na coluna Painel, da Folha de S. Paulo, revela que Serra trabalhou intensamente para que João Faustino fosse escolhido como suplente na chapa de Agripino Maia. Serra e Faustino são tão próximos que o político potiguar conseguiu até nomear pessoas da sua mais estrita confiança em cargos comissionados no governo de São Paulo.
As operações do MP em São Paulo e da Polícia Civil, no Rio Grande do Norte, aconteceram de forma absolutamente coordenada. Se, na capital paulista, o MP conseguiu bloquear os bens do prefeito Gilberto Kassab, dando repercussão nacional ao fato, em Natal é que foi desferido o golpe mortal.
Negócio da China
Nas duas cidades, o caso investigado diz respeito à inspeção veicular, num esquema que teria sido criado pela empresa Controlar, do empreiteiro Carlos Suarez, ex-dono da OAS. Em São Paulo, a Controlar teria fechado negócio na gestão Celso Pitta, mas o contrato só foi validado, 12 anos depois por Kassab. 
Assim, Suarez conseguiu vender a empresa para a CCR, das empreiteiras Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez. Na transação, segundo o MP, Suarez teria lucrado R$ 170 milhões. Em Natal, por sua vez, o contrato de inspeção veicular, também feito de forma irregular, renderia R$ 1 bilhão aos empreiteiros durante o prazo de concessão.
Não será surpresa se, nos próximos dias, as duas ações – a de São Paulo e a de Natal – se aproximarem mais e mais do ex-governador e ex-presidenciável tucano, José Serra.

CIDADE Á VENDA

A prefeitura de Montes Claros quer vender 24 lotes, que totalizam 168,6 mil metros quadrados em vários bairros, com a expectativa de receber R$ 10,5 miIhões a serem usados na pavimentação de ruas.
O projeto inclui até mesmo áreas verdes, de preservação ambiental, além de dois campos de futebol. O vereador Cláudio Rodrigues de Jesus (PPS) acionou o Ministério Público, pois entende que a iniciativa fere a qualidade de vida da população.
O secretário municipal de Planejamento, Marcos Fábio Oliveira, explica que as áreas verdes serão excluídas do projeto, assim como os campos de futebol. Os 24 lotes ofertados ficam nos bairros Carmelo, São José, Edgar Pereira, Ibituruna, Morada do Sol, JK, Canela, Melo, Acácias, Raul Lourenço, Nossa Senhora Aparecida, Panorama, Vila Atlântica, Belvedere e Novo Jaraguá. O mais valioso deles fica no Bairro Melo, A prefeitura pediu aos vereadores, no encaminhamento do projeto, autorização para fazer permutas ou dação de pagamentos, ou seja, quitar as dívidas que tem.
O projeto deverá ser votado na próxima terça-feira e, até agora, não ocorreu nenhuma mudança no seu conteúdo. No projeto, o prefeito Luiz Tadeu Leite (PMDB) solicitou fossem feitos remanejamentos das áreas verdes. Isto gerou protestos dos ambientalistas, como Eduardo Gomes, do Instituto Grande Sertão. Ele alega que as áreas verdes são de preservação. O secretário explicou que todas áreas verdes serão retiradas do projeto e garante que não haverá danos na área ambiental. Ele solicitou que os técnicos da prefeitura levantassem quais as áreas verdes que estão dentro da proposta de alienação. O vereador Cláudio Rodrigues lembra que uma área de 38 mil metros quadrados no Bairro Acácias está incluído, quando pela lei ambiental, área de preservação não pode ser afetada.
Parte da praça de esportes que Tadeu quer vender.
A venda da Praça de Esportes, em Montes Claros, está provocando mais polêmica.
O médico Élio Rocha Lessa, o leiloeiro Aristóteles Mendes Ruas e o ex-deputado Ruy Muniz entraram com ação popular na 1ª Vara da Fazenda Pública da cidade, na tentativa de impedir que a prefeitura e a Câmara Municipal vendam metade do espaço público. Os advogados Antônio Adenilson Rodrigues Veloso e Herbert Carlos Mourão Veloso impetraram o pedido de liminar. A juíza Rozana Paixão ainda não se manifestou sobre o assunto. Ontem, pela primeira vez, a Prefeitura de Montes Claros apresentou caso para discussão no Conselho Municipal de Conservação e Defesa do Meio Ambiente (Codema). Uma comissão técnica será formada para analisar o projeto elaborado pelo secretário municipal de Planejamento, marcos Fábio Martins de Oliveira, que prevê a cessão de parte da praça, para empresa particular, ao custo de R$ 30 milhões. A verba será destinada para a construção do estádio e do teatro municipais, além do terminal rodoviário.
Antônio Adenilson e Herbert Carlos afirmam que a construção de um complexo comercial no local vai gerar um crescimento no fluxo de veículos, “infernizando a vida dos moradores e inviabilizando a qualidade de vida sob todos aspectos”. Os advogados salientam que a Praça de Esportes foi construída pelo então governador Benedito Valadares. No aspecto ambiental, eles destacam o conjunto de palmeiras imperiais de mais de 60 anos. “São uma preciosidade e formam um dos cartões-postais da cidade, reforçado pelas árvores frondosas que circundam o local”, destaca Antônio Adenilson. Os advogados alertam que, uma vez retiradas do espaço o replantio das árvores não será mais possível.
O secretário municipal de Planejamento afirma não ter conhecimento da ação judicial, já que a prefeitura ainda não foi notificada. No entanto, se diz surpreso com a atitude dos moradores. “Ficaram contra obras desejadas pela maioria da população, que são o estádio, o teatro e o terminal urbano de passageiros”, observa Marcos Fábio Martins.
Girleno Alencar

Baladeiro de plantão

Aécio Neves dentro de carro com a socialite Ana Paula Junqueira
Ana Paula apareceu recentemente em um vídeo que discute o conflito da USP com outras socialites.
Alguém explica o que o senador tucano Aécio Neves, estava fazendo em plena quinta  feira, dia útil, em São Paulo?. Em um dia útil,Aécio caiu do cavalo em Minas. Em outro dia útil, Aécio fugiu do bafômetro no Rio....
Será que ele já foi informado que ganhou dos mineiros uma vaga no Senado, para trabalhar e é pago com dinheiro público?. Vai ver ele não sabe, por isso não fica em Brasília.
Só falta o senador repetir a frase da Luciana Cardoso (filha do FHC): "Se me chamarem eu vou na hora". Ela também recebia polpudo salário em Brasília (também no Senado) sem comparecer ao trabalho. E os tucanos tem a cara de pau de falar em ética.

Deputados discutirão em Taiobeiras impactos da mineração

A Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais realizará nesta sexta-feira (2/12/11) audiência pública em Taiobeiras (Norte) para discutir as perspectivas de desenvolvimento socioeconômico e os possíveis impactos decorrentes dos grandes empreendimentos de mineração de ferro e ouro a serem implantados em municípios da região Norte do Estado. Requerida pelos deputados Rogério Correia (PT) e Sávio Souza Cruz (PMDB), a reunião será às 9h30, na Câmara Municipal de Taiobeiras (Avenida da Liberdade, 314, Centro).
A população do Norte de Minas, segundo Rogério Correia, vive a expectativa de um novo ciclo econômico com a exploração do minério de ferro e do gás natural. A discussão, segundo o parlamentar, envolverá a sociedade civil organizada para “esclarecer os impactos sociais, econômicos e ambientais que esses projetos causarão à região”.
Convidados - Foram convidados a participar da audiência o deputado federal Padre João (PT); o procurador da República, André de Vasconcelos Dias; o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Minas Gerais (Fetaemg), Vilson Luiz da Silva; o promotor de Justiça e coordenador da Regional de Defesa do Patrimônio Público do Norte de Minas, Paulo Márcio da Silva; o arcebispo Metropolitano de Montes Claros, D. José Alberto Moura; a promotora de Justiça e coordenadora Regional das Promotorias de Justiça do Meio Ambiente das Bacias do Rios Verde, Grande e do Rio Pardo de Minas, Ana Eloísa Marcondes da Silveira; o biólogo e perito Ambiental da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Flávio Fonseca do Carmo; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rio Pardo de Minas, Elmy Pereira Soares; o representante do Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas, Eliseu José de Oliveira; o representante da Comissão Pastoral da Terra, Alvimar Ribeiro dos Santos; o representante do Movimento dos Atingidos por Barragens, Moisés Borges de Oliveira; e o presidente da Associação dos Amigos de Porteirinha, Halley Mendes Cunha.

Fotografia espacial do Norte de Minas é feita por capsula construída por estudantes

Um projeto do Curso Técnico de Informática do IFNMG - Campus Montes Claros realizou com sucesso, no dia 07 de novembro, um registro fotográfico do espaço aéreo do Norte de Minas Gerais.
O Projeto Aeris – coordenado pelo professor Júlio César Guedes Antunes – contou com a participação dos alunos Railda Martins de Souza, José Francisco Clementino de Jesus, Rogério Almeida Pereira, que montaram duas câmeras em uma cápsula presa a um balão meteorológico. Toda a atividade de pesquisa levou cerca de seis meses para ser desenvolvida, culminando no lançamento bem sucedido do último dia 07.
O lançamento foi realizado nas futuras instalações do Campus Montes Claros, localizada no Bairro Village do Lago III, que serão inauguradas em breve.
O procedimento de montagem final do veículo espacial demorou cerca de 90 minutos. Conforme planejado, o balão subiu facilmente, carregando a cápsula (batizada de “Flamarion Wanderley”, em homenagem ao pioneiro da aviação em Montes Claros), enquanto as câmeras registravam imagens em intervalos pré-programados pela equipe. O balão seguiu uma trajetória bastante parecida com a que havia sido prevista com a ajuda de cartas de vento meteorológicas.
Após o lançamento, a equipe retornou ao IFNMG para monitorar o voo, através do sinal de GPS emitido pela cápsula. Cerca de duas horas e meia após o lançamento, a cápsula caiu numa região rural conhecida como Dois Riachos, entre as cidades de Francisco Sá e Barrocão.
Seguindo as coordenadas de GPS enviadas, a equipe conseguiu encontrar a cápsula num charco de capim alto, observando que sua estrutura estava praticamente intacta.
Ao analisar as imagens obtidas e fazer os cálculos de altitude e trajetória, observou-se algo inesperado: “Realmente nos surpreendeu. Calculamos que nossa cápsula subiria até cerca de 30 mil metros, mas os registros mostram que ela atingiu algo próximo dos 45 mil metros de altitude, disse José Francisco. Foi muito mais alto do que pensávamos”.
Todo o material foi recolhido e levado ao campus para análise. Entre as mais de 850 fotos registradas, diversas mostram a cidade de Montes Claros vista do alto, nas quais constam detalhes da geografia norte-mineira nunca antes registrados dessa altitude (excetuando-se fotos de satélite) e fotografias que revelam a curvatura da Terra contrastando com a escuridão do espaço.
O professor Júlio César declarou-se muito satisfeito com o resultado da experiência: “Atingimos nosso objetivo. Esse primeiro vôo foi um aprendizado para nós; o que mais me deixa feliz é que construímos tudo com nossas próprias mãos: montamos os equipamentos, fizemos os cálculos e realizamos o lançamento e recuperação. Não tem preço esse sentimento. Somos a primeira escola do Brasil a realizar este feito”.
O Projeto Aeris surgiu pela paixão pela exploração espacial. Agora, resolvemos transformá-la num projeto acadêmico, de maneira a despertar o gosto e o interesse dos alunos nas ciências espaciais. Aeris é o produto dessa ação: um programa espacial escolar, de 5 lançamentos.
Nosso primeiro voo tinha por objetivo fazer fotografias da região conhecida como "espaço próximo" (de 20 a 100 km de altitude). Nessa região, de atmosfera rarefeita e baixíssima pressão barométrica (mortal para seres humanos), pode ser visualizada a curvatura da Terra, bem como pode ser vista a escuridão do espaço sideral acima. Pois foi exatamente o que vimos.
Construímos nossa cápsula espacial com duas câmeras: uma fotográfica e uma filmadora. Programadas especificamente para a missão, elas registraram ângulos nunca antes feitos da região norte-mineira e do espaço acima. Um pára-quedas de frenagem foi acrescentado para diminuir a velocidade de queda, e tudo foi preso a um balão meteorológico adaptado pela equipe. Contido também dentro da cápsula, um emissor de sinal GPS, que nos permitiu acompanhar o trajeto do Aeris 1 e também recuperar a carga posteriormente.
Numa manhã bastante clara e com poucas nuvens. Nossa cápsula, batizada "Flammarion Wanderley" em homenagem ao pioneiro do vôo em Montes Claros, atingiu uma altitude estimada de 45 mil metros! Um recorde que nem sonhávamos em alcançar!
Durante toda a ascensão, fotografias foram feitas a cada 10 segundos, registrando todo o percurso. As baterias das câmeras congelaram depois de 1 hora e 45 minutos de voo, devido ao frio extremo de -80º C lá em cima. Isso será corrigido em nosso próximo lançamento.
A cápsula foi recuperada a cerca de 60 km a leste de Montes Claros, na zona rural entre Francisco Sá e Grão Mogol. Um sucesso! (Railda Martins)

Responsável pelos “Pôneis malditos” dá dicas para ser relevante na web

O conteúdo passou a ser algo de suma importância, o que dá sentido para uma marca, concordaram os palestrantes do primeiro painel do MediaOn 2011, desta quinta-feira (24). O diretor de Marketing da Nissan, Murilo Moreno, e o diretor de Inovação e Criatividade da Coca-Cola, Gian Martinez, apresentaram estratégias que inundaram as redes sociais e invadiram a cultura popular.
“Com os sites, redes sociais e blogs, a atenção do consumidor ficou mais difícil de ser capturada. O consumidor vai atrás só daquilo que o interessa”, disse Moreno. Pensando nisso, a Nissan priorizou sua Fan Page do Facebook, criando um grupo editorial para construir conteúdo bem-humorado e criativo, aliando questões cotidianas a conteúdo institucional.
O sucesso da marca da Nissan está nas redes sociais no vídeo “Pôneis Malditos”, comercial viral que chegou à marca da propaganda mais vista do YouTube no Brasil. O vídeo ficou em 1° lugar no YouTube durante 4 meses. Depois disso, a Fan Page da montadora japonesa saltou de 2 mil para 75 mil fãs e inseriu o sucesso na cultura popular.
Com relação à credibiliade do conteúdo, Moreno disse que ser “transparente" e honesto é essencial, ou seja, não censurar e atender as críticas, tanto negativas, como positivas.
O conteúdo é líquido
“Viver como uma água é o sentido para quem produz conteúdo. Pensar em uma idéia que consiga entrar em todas as mídias”, disse Martinez, que também é formado em Jornalismo. Ele acredita na busca das marcas para construir conteúdos relevantes e genuínos. “É conseguir construir coisas que as pessoas achem que é importante para elas, e para ter sucesso, você precisa conquistar as mobilizações.
Segundo ele, o cenário atual é de absoluto serviço do conteúdo. O que vale, na avaliação, é priorizar o “conteúdo líquido”, aquele que entra na vida das pessoas.“Busque fazer coisas que são relevantes para as pessoas”, disse.
Para ele, o conteúdo fica para o jornalista, “Ele tem o perfil da crítica, da construção da marca, o jornalista vai entender com mais clareza os clientes, ele abraça as histórias, entende da vida das pessoas e agrega valores em si". Martinez destacou os trabalhos da Coca-Cola com o vídeo Wavin’ Flag, como tema da Copa do Mundo de 2010, que foi sucesso no Youtube, e o vídeo “Razões para Acreditar".
Martinez afirmou que a Coca-Cola tem uma história de se posicionar como “culturalmente correta”. Ele citou um comercial do início do século passado, anterior a liberação feminina, que colocou a marca na vanguarda da conquista das mulheres. "O que buscamos é ser culturalmente correto. Nossa posição não vai necessariamente de encontro com as políticas vigentes. Este é o papel de uma marca livre”, declarou.
Veja os vídeos da Coca-Cola:
 

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Convite

Acabo de receber via e-mail o convite para o desfile de Conclusão do Curso de Design de Moda na Universidade Fumec de Belo Horizonte de Anna Karla.
Anna Karla é filha do exprefeito de Catuti e da professora Nilza.
A formanda Estará apresentando a coleção de moda feminina "Cura-te" no dia 01/12 (quinta), criação dela.
O tema, muito interessante, vem de sua criação e pode surpreender com o tema apoiado no curandeirismo.

Bope prende namorada de Nem em favela no Rio

Namorada de Nem, presa hoje.
A namorada do ex-chefe do tráfico de drogas da Rocinha, Antônio Bonfim Lopes, o Nem, foi presa agora à tarde por policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), em um salão de beleza dentro da favela. Danúbia de Souza Rangel, de 27 anos, foi levada para a 15ª DP (Gávea) para prestar esclarecimentos.
Ontem, o traficante Robson Silva Alves Porto, apontado pela polícia como braço direito do Nem, foi preso por policiais civis em uma casa em Realengo, próximo à Vila Vintém. Robson é conhecido pelo apelido de "99" e atuava como uma espécie de "gerente" na Favela do Vidigal.
Nem foi preso neste mês, durante operação de ocupação da comunidade pela polícia. Durante a operação, foram apreendidas mais de cem armas, entre elas, 73 fuzis.
Xerifa da favela foi para a prisão.
HDia

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Metrô de superficie poderá ligar Janaúba a Bocaiúva.

Com parada em Capitão Enéas e Montes Claros.
Trem de passageiros, campanha dos nortemineiros.
O Ministério dos Transportes liberou verba para que seja feito Estudos de Viabilidade Técnica e Econômica para Trens de Passageiros em todo o país.
Dentre os trechos a serem estudados está o Janaúba/Bocaiúva, passando por Capitão Enéas e Montes Claros.O estudo será feito,provavelmente, pela Universidade Federal de Minas Gerais.
Os trechos foram pré selecionados pelo BNDES que poderá financiar a iniciativa privada, com base no resultado dos estudos, a implantarem um VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) no trecho. Os VLTs ganharam muito espaço no Brasil atualmente com o PAC e com as obras de acessibilidade aos estádios nas cidades sede da copa do mundo 2014.São veículos capazes de atingir mais de 100 km/hora, com ar condicionado ou refrigerado e se assemelham aos carros do metrô.

Carla Perez quase morre ao saber de sua morte

Coisa de Loura
A cantora Carla Perez - creio que foi ela que iniciou o estilo das cantantes que cantam com a bunda-, ficou desesperada ao saber que havia morrido.
A loura tomou conhecimento de seu falecimento via Twitter e ficou tão apavorada com a notícia de sua morte que quase morreu e telefonou desesperada e aos prantos para seus parentes mais próximos para confirmar seu passamento. Depois de algum tempo conseguiram convencê-la que não havia morrido e não precisava preparar seu velório nem convidar os amigos e fãs para o mesmo.

Primeira-dama e filhos do prefeito de Limeira são presos

O Ministério Público Estadual e Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota) da Policia Militar prenderam na manhã desta quinta-feira, em Limeira, interior de São Paulo, a primeira-dama da cidade, Constância Dutra Félix e seus dois filhos, Maurício Félix e Murilo Félix. A lista da operação deflagrada hoje tem ainda 15 pessoas suspeitas de lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, falsidade ideológica e corrupção dentro da prefeitura.
Constância recebeu voz de prisão em sua casa. Documentos e computadores foram apreendidos. Os presos estão sendo levados para a Delegacia Seccional da cidade. Não há mandado de prisão contra o prefeito Silvio Felix (PDT), mas um terceiro filho do casal não foi localizado.
Segundo o MP, os prejuízos aos cofres públicos ultrapassam os R$ 20 milhões. Já estão detidos o assessor político Carlos Henrique Pinheiro, as irmãs da primeira-dama, Verônica Dutra Amador e Lucimar Berberti Dutra, o contador, Daniel Henrique Gomes da Silva, Lucélia Baliani e Maria Alves de Souza. Outras pessoas estão sendo procuradas em três cidades onde os mandados de prisão estão sendo cumpridos.

Copo menstrual pode ser alternativa ecológica ao absorvente

Modelo de copo menstrual.
Reutilizável, o copo menstrual é opção higiênica aos absorventes e tampões.
A nova alternativa para as mulheres modernas que enfrentam “aqueles dias” é o copo menstrual, um artefato de silicone que, inserido no canal vaginal, retém o fluxo e é reutilizável. Famoso na Europa, no Canadá e nos Estados Unidos, o produto agora começa a conquistar adeptas aqui no Brasil.
A utilização do copo menstrual é simples para quem está acostumada a usar absorventes internos. Basta dobrá-lo e depois apertá-lo firmemente com a abertura para cima, enquanto é introduzido no interior da vagina. “Quando solto, o copo tenderá a abrir, mas formará um vácuo leve que o manterá na posição correta”, ensina a ginecologista Tânia Valladares Andriolli.
O copinho de silicone fica preso pela ação do vácuo e pelos músculos vaginais. Dessa forma, retém o fluxo menstrual, sem causar incômodo ou vazamentos. “Para removê-lo, puxa-se delicadamente a extremidade inferior do copo com uma das mãos, e com a outra mão, com a ponta do dedo, busca-se a borda do copo e com uma pressão desfaz-se o vácuo, permitindo a sua retirada”, continua.
O copo mentrual tem capacidade para cerca de 30 mililitros, portanto consegue conter o sangue por até no máximo 12 horas, dependendo do fluxo da mulher (o ciclo inteiro de uma da mulher varia de 50 a 100 mililitros). No entanto, é recomendável que o artefato seja "trocado" a cada oito horas, por garantia. Isto é: a usuária retira o copinho, despeja o conteúdo no vaso sanitário, lava (ou limpa com lenço umedecido) e volta a introduzi-lo.
Quando a menstruação termina, é só higienizar bem o coletor (de preferência fervendo-o por alguns minutos) e guardá-lo na bolsa que geralmente acompanha o produto em local fresco e ventilado. É importante lavar bem as mãos antes e depois de manusear o copinho.
Seguidos todos os cuidados, o copo menstrual torna-se uma opção mais higiênica e segura que os absorventes tradicionais. Como o copo de silicone apenas retém o fluxo, ele não seca nem abafa a vagina, como fazem tampões e absorventes descartáveis. Isso ajuda a inibir o crescimento de fungos e bactérias.
Contraindicações
O copo menstrual não é recomendado para todas as mulheres. Virgens, adolescentes na primeira menstruação e mulheres no período pós-parto devem preferir os absorventes tradicionais. De acordo com a médica, a primeira experiência com o artefato pode gerar algum desconforto porque a inexperiência leva a colocá-lo muito para fora ou causa pequenos traumas. E isso é complicado para as jovens que têm maior sensibilidade na região, assim como quem acabou de parir.
Para saber se o uso do copo menstrual é apropriado para você, vale a pena procurar um ginecologista. O profissional, além de tirar as dúvidas, vai indicar o tamanho adequado e o modo correto para inserir e remover o produto. “Um bom exame médico/ginecológico pode auxiliar ness etapa. Seguir esta orientação pode ajudar a evitar escames e incômodos vaginais maiores”, aponta o ginecologista Vamberto Maia.
Modo de usar o copo menstrual em seis etapas. Lavou tá novo.
 

“Internet traz mais qualidade de vida do que escolaridade”, afirma especialista

A internet pode ser um importante aliado no crescimento da qualidade de vida, até mais do que a escolaridade, acredita o diretor do Data Popular, Renato Meirelles. O executivo, do instituto de pesquisa especializado nas classes C, D e E, adiantou que no próximo ano irá divulgar os resultados detalhados de uma pesquisa sobre o assunto.
“Vão querer me bater, mas nós chegamos a essa conclusão com uma pesquisa que vamos divulgar no inicio de 2012. Mostra que pessoas que usam a internet conseguem ter acesso a mais conteúdos e oportunidades de crescimento, também amplia o repertório e o networking”, disse o executivo ao participar do Media On, evento realizado nesta quarta-feira (23) em São Paulo.
Meirelles explicou que pessoas com o mesmo nível de escolaridade têm renda superior caso possuam acesso à internet. Além disso, o especialista apresentou dados que mostram que a classe C domina a navegação online no País, representado 56% dos internautas.
Classe C não altera conteúdo
Apesar do grande crescimento da classe C, o conteúdo dos portais de notícias continua basicamente o mesmo. Para atender esse público, o UOL mantém o BOL, mas, da mesma forma, a classe média se mostra interessada pelo conteúdo do primeiro, avalia o diretor de contéudo do UOL, Rodrigo Flores.
“A lista de conteúdos mais acessados no UOL continua a mesma. O UOL não produz conteúdo específico para a classe C. Não segmentamos por classe, mas por potencial de interesse. No caso do BOL, é o mesmo conteúdo do UOL, mas com outra edição, voltada para o entretenimento e jornalismo de serviço”, declarou Flores.
Público é sedento por informação
O diretor-executivo do Brasil e vice-presidente da Com Score para America Latina, Alex Banks, também apontou a importância das notícias para os brasileiros no ambiente digital. De acordo com ele, o Brasil é o segundo país que mais acessa jornais na internet, perdendo apenas para os Estados Unidos.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Record perde ibope com programa da filha de Edir Macedo

A estreia do programa "The Love School" (A Escola do Amor), da Rede Record, comandado por Cristiane Cardoso, filha do dono da emissora Edir Macedo, não foi muito boa. A atração derrubou a audiência da Record no último sábado (19/11).
Produzido pela  IURD TV (Canal de TV da Universal na internet), o programa marcou 2,6 pontos de audiência, deixando a emissora em terceiro lugar em ibope. No horário, o SBT marcou seis pontos e a Globo, 13 pontos. Cada ponto equivale a 58 mil domicílios na Grande SP.
Antes da estreia da nova atração, a faixa horária na Record costumava chegar a casa dos quatro pontos de audiência, com a exibição da série 'Todo Mundo Odeia o Chris', que saiu para dar lugar ao programa de Cristiane, no entanto, já há pedidos de que a emissora retome a exibição do seriado.
As informações são da Folha.com.

De: Obama Para: "O Cara"

Caro Presidente Lula
Espero que esta carta o encontre de bom humor, meu amigo.
Estava triste com a notícia recente de seu diagnóstico de câncer.
Quero que saiba que você e sua família estão em meus pensamentos e orações, e de Michelle também.
Eu entendo, e estou encorajado pela notícia de que você está sendo tratado em um dos principais hospitais da região.
O Brasil e o mundo têm continuado a prosperar a partir da sua força e liderança incansável.
Desejo-lhe uma recuperação muito rápida.
Sinceramente,
Barack Obama

Deu no http://contextolivre.blogspot.com/2011/11/de-obama-para-o-cara.html

Assembleia de SP aprova lei que proíbe garupa em motos

A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou nesta terça-feira o projeto de lei que proíbe garupas em motocicletas nos dias úteis da semana. De autoria do deputado Jooji Hato (PMDB), o texto também obriga o uso de capacetes e coletes com o número da placa da motocicleta afixado na parte de trás, em cor fluorescente.
Se sancionada pelo governador Geraldo Alckmin, a medida passará a vigorar nos municípios do Estado com população superior a um milhão de habitantes.
O descumprimento da lei pode acarretar multa no valor de R$ 130 a cada infração cometida. O valor será atualizado anualmente pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). Além do objetivo de reduzir acidentes com motocicletas, o projeto visa coibir assaltos realizados por duplas criminosas em motocicletas.
postado por zcarlos em Com Texto Livre