sexta-feira, 30 de outubro de 2009

CEMIG - ENERGIA MAIS CARA DO MUNDO.


Ainda que fossem cortados os impostos sobre a conta de luz, a tarifa praticada em Minas continuaria entre as mais caras do mundo. Foi o que se constatou em audiência pública realizada pela Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Assembléia Legislativa de Minas Gerais.

Sem tirar os impostos, a tarifa praticada pela Cemig é a mais alta do Brasil e só perderia no mundo para quatro regiões do Japão, cujas tarifas eram mais elevadas por questões climáticas e geográficas.Retirando-se os impostos, a tarifa da Cemig só não seria mais cara do que a de países que usam na geração de energia fontes não renováveis, como o carvão. Não há motivos para o Brasil praticar tarifas elevadas em relação a outros países, já que sua matriz de geração de energia é centrada na água, um bem renovável e gratuito.

Mais de 70% da Cemig estão nas mãos de acionistas privados e o crescimento da empresa que tem sido alardeado pelo Governo do Estado como importante para a população quando na verdade tem beneficiado o empresariado e os acionistas.
A isenção do ICMS no Estado para quem tem consumo mensal de até 90 kW não atende ao padrão médio de consumo da família brasileira, que é de 162 kW.

A Aneel não define o reajuste da tarifa, apenas o percentual máximo. A Cemig não adota aumento menor por ter alterado seu estatuto vedando abrir mão de receita. Na revisão tarifária de 2008, a Cemig solicitou 32% de reajuste, conseguindo 4,7% graças à mobilização popular.

Bancos elevam juros e Lula diz que é “quase” um assalto a taxa para cheque especial e cartão de crédito



A possibilidade de o Banco Central elevar a taxa básica de juros em 2010 já reflete no bolso do consumidor. Levantamento do Banco Central referente aos primeiros dias de outubro revela que os bancos estão pagando mais para obter dinheiro no mercado e passaram a cobrar mais dos clientes. É a primeira vez em dez meses que a taxa sobe. Ao mesmo tempo, os bancos aumentaram a margem nos financiamentos e os clientes estão tomando mais crédito em linhas caras, como cartão de crédito e cheque especial. O presidente Lula disse que é "quase" um assalto a taxa para o cheque especial e o cartão de crédito. Na média dos empréstimos para as pessoas físicas, o juro subiu de 43,6% ao ano em setembro para 46% em 13 de outubro. Nos empréstimos a empresas, a elevação foi de 26,3% para 26,4% no mesmo período.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

BANDIDO BOM É BANDIDO PRESO


O site da Amagis - Associação dos magistrados mineiros - (http://www.amagis.com.br) trás um comentário do meu amigo Isaias Caldeira Veloso, juiz da vara de execuções penais e presidente do tribunal do júri, que por sua vez é irmão do grande amigo e também juiz, Luiz Henrique Veloso, que preside os trabalhos no Juizado Especial Criminal da Comarca de Montes Claros.

Isaias tece comentário sobre o artigo ¨Autoridades discutem Alternativas à privação de liberdade¨ que reporta o ciclo de debates – Alternativas à Privação de Liberdade – Outras formas de promover a justiça - iniciado dia 05 de outubro na Assembléia Legislativa de Minas Gerais. O evento reuniu autoridades e especialistas na área de Segurança Pública para discutir o assunto em debates, mesas redondas e palestras.
Por si, o comentário do Dr. Isaias,intitulado Sobre Penas e Prisões, é um o olhar de um cidadão norte mineiro que vive o problema da violência sobre o viés de um jurista que vale a pena divulgar, ainda mais no momento que os ¨ Legisladores ¨ querem esvaziar as prisões abrandando as penas para os pequenos traficantes, aqueles que ficam nas portas das escolas e outros lugares freqüentados por crianças, que portam pequenas quantidades nas mãos, pegando no estoque quantidade máxima permitida pela Lei para enquadrá-los como pequenos traficantes.

¨Sobre Penas e Prisões

Tenho reiteradamente afirmado o equívoco que cometem esses que atacam as penas privativas de liberdade , buscando a sua substituição por penas alternativas, sob o argumento da primazia da ressoacialização sobre o viés punitivo da sanção penal. Ao que parece, grande parte dos ditos juristas expressam-se como se ainda vivêssemos numa ditadura, em regime arbitrário, de forma que o Estado , sob esta ótica, apresenta-se sempre como inimigo do indivíduo e da cidadania, merecendo sistemático combate das forças democráticas. Ora, ninguém de bom juízo pode afirmar que a pena de prisão seja algo bom, mas é certo que ainda não se imaginou nada melhor até o presente, ao menos para os indivíduos que fazem do crime meio de vida. Não passa de pura falácia a retórica da eficiência das penas alternativas, brandindo-se números que exibem reincidências raras em tais hipóteses, quando é sabido que penas alternativas são aplicadas, nos termos da lei, àqueles que apresentam boa personalidade e conduta passada irretocável. São as discussões de vizinhos, brigas, pequenas divergências entre partes que levam aos pequenos crimes, ditos de menor potencial ofensivo, os destinátários dessas penas. Como aplicá-las àqueles que cometeram crimes graves, como roubos, estupros, tráfico de drogas? E aos que reiteram em crimes menos graves, como furtos e receptações, com mais de dezenas de registros? Cadeia, infelizmente, ainda é a melhor solução. Fui por dois anos Juiz de Execuções e sei que os presos que temos atualmente não podem, nos termos da lei e do bom senso, serem beneficiados com penas alternativas. São reincidentes, inveterados criminosos. Hoje o Juiz só aplica a pena privativa de liberdade aos criminosos que não podem receber penas alternativas. Mais, sequer aguardam o andar do processo presos, pois recebem benefício de liberdade provisória. Estão presos porque foram beneficiados e voltaram a cometer crimes ou o crime cometido reveste-se de gravidade. Nas cadeias de hoje poucos são aqueles recuperáveis. Estão de tal modo envolvidos no mundo criminoso que desconhecem valores éticos, submetendo-se tão somente às regras impostas pelo meio em que vivem. Não teorizo sobre a matéria, mas faço estas afirmações com base no conhecimento empírico, lastreado em mais de 25 anos de vida forense, como advogado e como juiz. Antes de qualquer mudança na Lei de Execuções para abrandá-la, seria bom que passasem ao menos um mês dentro de uma penitenciária, para conhecer suas regras próprias, seu modo de funcionamento completamente diferente da vida em sociedade. O que a mim inquieta são as conclusões de comissões que, na boa vontade de melhorar o sistema prisional, visitam cadeias, presídios e penitenciárias, em passagens rápidas, colhendo as manifestações dos presos, as quais, obviamente, são repletas de queixas e lamentações. Todo preso, mesmo se matou a mãe, diz-se inocente e injustiçado. Nunca a comida é boa, sempre são vítimas do "sistema", maltratados e xingados pelos agentes, como se fossem anjos, de modo que, impressionados com aquele quadro, os bem intencionados cidadãos integrantes das comissões, dali saem dispostos a mudarem tudo, verberando o flagelo da situação. Ninguém pensa no crime cometido pelo preso, na viúva desamparada, nas crianças privadas dos pais assassinados, no comerciante que faliu após uma vida inteira de luta, vítima de roubo, enfim, na tragédia deixada pelas mãos de criminosos no tecer do seu nefasto ofício. Bem, agora , com as lamentáveis mortes de agentes e policiais, sem contar as ameaças às autoridades em geral, numa demonstração de destemor e de franco enfrentamento ao Estado, espera-se que aqueles que cuidam da legislação e da aplicação das leis penais ponderem sobre a questão, despindo-se de preconceitos e mesmo de velhas mágoas políticas, privando de liberdade os que não a merecem, pelo máximo de tempo possível. A sociedade trabalhadora vinha pagando sozinha por esta visão equivocada dos aplicadores do direito e de estudiosos engajados politicamente, mas a vertente criminosa atual não tem limites e já ameaça o próprio Estado, não raro quem emprega e sustenta os diletantes da tese do "homem bom". Não interessa ao cidadão honesto o custo das prisões dos criminosos, afinal a sua liberdade não tem preço , bem como seu direito à vida, e o Estado deve garanti-las, sob pena de perversa inversão de valores, privilegiando-se os delinquentes em detrimento dos que laboram sob a égide da lei¨.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

COMENTÁRIOS NESSE BLOG PASSOU A SER MODERADO.




Alguns dizem: " isso não é democrático ". Bom, talvez até não seja, mas temos motivos para verificar os comentários. No mais, se quiser escrever o que tiver vontade crie seu espaço, esse é meu.

Aproveite o espaço de comentários para compartilhar e acrescentar às informações contidas no post, mas antes de comentar leia as regras abaixo:

1 - Comentários de anônimos e/ou com e-mails inválidos serão apagados. Se quiser falar besteira ou me ofender, ao menos se identifique para que eu possa saber de quem estou rindo.

2- Já existe um campo reservado para você colocar o link do seu site/blog. Comentários com qualquer tipo de link são deletados, mesmo que o link seja relacionado ao conteúdo do post. Controle-se!

3 - No nosso blog tentamos escrever corretamente e gostaríamos que os leitores fizessem o mesmo. Comentários escritos em miguxês e em caixa alta não serão aprovados.

4 - Antes de comentar, tenha certeza de que você entendeu o que acabou de ler para que possa fazer um comentário relevante e dentro do contexto.

5 - Palavrões: Use com moderação e somente se necessário.

6 - As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do blog. ( As vezes mal refletem as do autor do comentário).

7 – Dicas de reportagens de interesse público serão bem aceitas.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

CASA DA MOEDA ABRE CONCURSO - Com 1.449 vagas e salários que chegam a 3.959 reais


A Casa da Moeda do Brasil terá concurso público para cargos de níveis médio e superior, com 1.449 vagas, das quais 39 são para início imediato e o restante para a formação de cadastro de reserva. As inscrições podem ser feitas até o dia 13 de novembro, pelo site da Fundação Cesgranrio. As taxas variam de 35 e 90 reais, de acordo com o cargo pretendido. As vagas são para vários cargos. Os salários variam de 958 reais a 3.959 reais. As provas estão previstas para o dia 20 de dezembro.

AMIGOS DO TREM REFORMA AUTOMOTRIZES - Trem turistico é opção de revitalização ferroviária.




Três automotrizes que foram cedidas pelo DNIT – Departamento Nacional de Infra-estruturar terrestre, a Oscip Movimento Nacional Amigos do Trem para projeto Turístico Expresso Pai da Aviação, duas já foram entregues a Amigos do Trem.
No dia 24 de outubro a MRS Logística rebocou uma litorina que estava na oficina do Horto Florestal na cidade de Belo Horizonte e a levou para Juiz de Fora, sede da Oscip MNAT, estacionando a no estação do bairro de Benfica. A outra automotriz, também chamadas de Litorina, esta na estação do centro da cidade e funciona como sede das reuniões da Amigos do Trem. A litorina difere dos carros de passageiros por não necessitarem de locomotiva para reboque, já que tem sua maquina embaixo do assoalho.O movimento está captando recursos para reformar o material rodante e colocar em operação.

O apoio da MRS Logística rebocando a automotriz da Oficina do Horto Florestal, na cidade de Belo Horizonte para a cidade de Juiz de Fora/MG, mostra que por lá a concessionária é bem diferente da FCA. A FCA é contra a população, visando o lucro selvagem como a Vale do Rio Doce, ou hoje simplesmente Vale, que foi roubada dos brasileiros e continuam a roubar o país e é a dona da FCA.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Revista Tempo - Edição 45



Materia reportada pela TV Alterosa mostrando as dificuldades dos estudantes de Monte Azul repercute nacionalmente vinculada no SBT e na Revista Tempo.

A condução de alunos em caminhões adptados feitos pela administração municipal foi ao ar no Jornal da Alterosa segunda edição e no Jornal do SBT no mesmo dia, e depois repetida no jornal da mesma emissora as 1 hora da manhã. A repercussão fez com que os editores da Alterosa em Belo Horizonte enviassem mais um vez, na quarta-feira (17) o reporter Tiago e o camera flavio para verificar se algo foi feito para acabar ou melhorar o ilicito transporte de crianças no pau de arara.A equipe voltou e fez as mesmas imagens nos locais antes visitados e diante a não mudança do quadro procuraram falar com o prefeito ou sua equipe que não quiseram dessa vez gravar entrevista.A cobrança tenderá a continuar até algo ser feito.

A repercussão da materia chegou a principal revista do interior do Estado, A Revista Tempo, editada em Montes Claros que estampou em suas páginas o trabalho de Tiago e Flávio.

E mais....Na coluna Acontecimentos denuncia fato de Mato Verde. Nas Bancas

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

CREDENCIAMENTO DA MASTER CENTER DÁ MAIS APROXIMIDADE DA TIM MAXITEL A MONTE AZUL.



Por quase 12 anos a Cellsi Celulares, com sede na cidade de Porteirinha, manteve um ponto avançado da Tim Maxitel na cidade de Monte Azul. Bem mais recentemente a operadora de celulares credenciou a Master Center Celulares na mesma cidade, funcionando a aproximadamente meio quarteirão do posto avançado.

A concorrência acirrou na cidade de porte pequeno para duas representantes dos mesmos serviços, uma representante de loja de outro município e uma credenciada. Além dos serviços da Tim Maxitel Monte Azul recebeu a torre de uma concorrente, a Claro, que mesmo não montando ou credenciando loja, mantém uma representante dos seus serviços com chips e créditos oferecidos aos consumidores nos principais comércios da cidade. Monte azul conta então com duas operadoras de telefonia móvel.

Por decisão da Tim Maxitel a Cellsi Celulares e Equipamentos Eletrônicos Ltda foi notificada em agosto de 2009 e estipulado um prazo de 30 dias para o fechamento do posto avançado. A justificativa para tal procedimento da empresa foi o funcionamento na mesma área de uma loja credenciada, a Master Center Celulares Monte azul Ltda.
A notificação representa somente que o antigo posto avançado não pode mais prestar os serviços da Tim, mas podendo funcionar como uma loja ¨bandeira Branca¨ com venda de celulares e de créditos.

A Cellsi Celulares, em desacordo aos regulamentos operacionais da operadora Tim Maxitel, no decorrer desse mês mantém materiais institucionais como banneres e folders, passando ao cliente uma imagem de loja Tim na cidade e região. A funcionária alegou que retirou o letreiro frontal por solicitação do visinho do andar superior e que não tinha conhecimento do descredenciamento. Afirmou que todos os serviços prestados anteriormente continuam a serem prestados pela loja, o que podemos comprovar em uma simples visita.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

ABC paulista ganhará Expresso Turístico

16/10/2009 - DCI

Visitar as belezas naturais de Paranapiacaba, a Vila Inglesa de Santo André no topo da Serra do Mar, ou conhecer suas várias construções de origem europeia como Castelinho, Viradouro e o Clube Lyra-Serrano, vai ficar mais fácil em poucos meses. Trens conduzidos por chefes vestidos a caráter, remetendo à década de 1950, farão parte do Expresso Turístico que ligará a Estação da Luz, no centro de São Paulo, à vila histórica de Paranapiacaba.

A Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Gestão de Recursos Naturais, retomou as tratativas junto à Secretaria de Transportes Metropolitanos quanto a reativação da linha que liga a atual estação de trem da Vila a Rio Grande da Serra. Desde 2002, ela vem sendo utilizada exclusivamente pela MRS Logística S.A., quando a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) a desativou por falta de demanda e cedeu a concessão para a empresa privada. Assim, o percurso do Expresso Turístico terá, no total, 47 km, indo da estação da Luz à Paranapiacaba, com parada na Estação da CPTM em Santo André. O tempo total estimado do trajeto é de 70 minutos e o valor cobrado será R$ 28, com tarifa reduzida para aqueles que embarcarem no ABC.

Inicialmente, os turistas terão como primeiras atrações o prédio histórico da Estação da Luz e a história da formação do bairro do Brás, predominantemente industrial durante o século XIX. A instalação de indústrias nos bairros paulistanos da Mooca e do Ipiranga e no ABC é o próximo ponto programado para o passeio.

Depois, o roteiro ganha um aspecto ambiental, com a passagem pelo do Horto do Guapituba, pela Estância Turística de Ribeirão Pires e por Rio Grande da Serra, onde a presença de áreas de manancial é marcante. Por fim, guias do AMA - Agentes de Monitores Ambientais de Paranapiacaba, darão mais detalhes acerca da vila inglesa durante o trajeto até a chegada.

BANCADA DE OPOSIÇÃO COM DOR DE CORNO – Vereador situacionista agride bancada de oposição.



O Vereador Edmar Antunes Rodrigues, O Dimas, PSDB, utilizou-se do microfone da câmara municipal durante a última reunião daquela casa de edis para afrontar a bancada de oposição, principalmente ao vereador Marcilio Soares de Oliveira, PMDB.

A questão em discussão era a ata da reunião anterior, a última do mês passado, onde o vereador Marcilio, repetindo as palavras do presidente do sindicato dos servidores público, Damastor Alves, que disse durante a utilização da tribuna livre naquela casa que em outras cidades, se acontecesse o que estava acontecendo em Monte Azul, o prefeito ¨rodaria¨.

Durante a reunião foi colocada em votação um pedido de titulo de cidadão honorário para o sargento Blair, comandante da policia rodoviária e ambiental em Espinosa, solicitada pelo vereador Dimas. A bancada de oposição se absteve e o titulo de cidadania foi então negada ao sargento. Marcilio disse que ainda era cedo para dizer se policial merecia esse titulo, e com seu ato estaria valorizando aos que receberam e receberão a honraria.

Marcilio solicitou a presidência para que a bancada de oposição utilizasse antes de todos a tribuna, pois tinham uma reunião com um deputado estadual que estava na cidade e eles teriam que sair e participar desse outro evento. Durante o uso da tribuna o vereador contestou a redação da ata que, segundo o mesmo, teria deturpado sua fala. A solicitação de uma parte do tempo de Marcilio foi pedida pelo vereador Dimas, que foi negada pelo colega. Justificou o vereador que o termo ¨ teria rodado ¨ utilizado na reunião da véspera se referia a ¨ cassado ¨ e não morto como insinuava o texto. Na fala de Dimas, na ausência então dos vereadores de oposição, Marcilio teria dito que se fosse no Norte do Pará, lugar onde se mata um e amarra o outro para matar mais tarde, se fosse lá, se devesse e não pagasse ¨Neguim passa a pipoca¨.

O vereador Dimas acusou ainda a bancada de oposição de se ausentar da casa naquele momento por medo. Depois de solicitar o serviço de som que repetisse a gravação de Marcilio utilizando o termo na reunião passada, Dimas afirmou que gostaria que Marcilio lá estivesse para desmascará-lo. Afirmando que o vereador de oposição estava com dor de cotovelo, Dimas disse não aceitar que ele viesse a dizer que ele estava com medo, pois não tinha medo de nada.

Empolgado, Dimas elogia os seis membros da bancada de situação , fala de obras da administração e diz ao microfone ¨E é por isso que eles ficam com dor de corno¨. Afirmou que vai falar na próxima reunião, que será na quinta-feira, 29, que ele, Dimas, não tem medo. Então ficou marcada a peleja do representante da estrema direita, Dimas, e da estrema esquerda, Marcilio. O local, plenário da câmara. As armas, a palavra, o discurso.

Esperamos que ambos tenham medo. Medo da opinião pública, seus patrões, que querem que ambos cumpram a que foram eleitos: Fazer Leis e vigiar os atos do executivo.

Presidente do DEM diz que Serra não está motivando as pessoas

O deputado Rodrigo Maia (RJ), presidente do DEM, principal aliado do PSDB, diz que Aécio Neves é melhor do que José Serra para ser o candidato da oposição ao Planalto, rejeita chapa puro-sangue e cobra definição da candidatura até o fim do ano.
Para ele, na estratégia de não ir para o confronto com Lula, Aécio é o melhor candidato. Maia diz que março pode ser tarde demais para a escolha do candidato e que dificultaria muito uma vitória da oposição
.

Rodrigo Maia ressalta que a ministra Dilma está avançando e a oposição está sem discurso, sem candidato.

"Estamos no pior dos mundos. Temos medo que isso gere desconexão dos palanques regionais com o nacional", disse Maia.

Pesquisa aponta Serra

Deputados e senadores do DEM também revelaram que, se fossem decidir com o coração, o candidato do PSDB preferido pela maioria deles seria Aécio Neves.

Mas, em nome da razão, dizem que o cabeça de chapa deverá ser mesmo o governador José Serra, apontado como o que tem mais chances de vencer o nome do governo.

Esse é o resultado de uma pesquisa feita pelo jornal O Globo com a quase totalidade dos senadores e deputados do DEM. O levantamento foi realizado entre os dias 13 e 16 de outubro.

A pesquisa apontou que, dos 48 deputados e 12 senadores ouvidos, a maior parte (33) é contra o apoio do DEM a uma chapa puro-sangue do PSDB, enquanto 27 consideraram que dessa forma a oposição teria mais chance de vitória.

A chapa puro-sangue foi aprovada pelos senadores, mas rejeitada pelos deputados. O nome mais citado pelos parlamentares para compor uma chapa com os tucanos é o do líder do DEM no Senado, José Agripino Maia (RN).

Dos 56 deputados da bancada, 48 responderam o questionário. No Senado, dos 13 senadores, apenas uma, Maria do Carmo Alves (SE), se negou a votar.

Na Câmara, 31 dos 48 deputados ouvidos disseram acreditar que Serra é o nome que disputará a eleição presidencial de 2010, e 17 apostaram em Aécio.

No Senado, os números são maciçamente favoráveis a Serra, e a aposta de que ele será o candidato foi cravada por 11 senadores, com apenas um voto para Aécio.

PSDB também está apreensivo

Não é só o DEM que está com pressa por uma definição sobre qual será o candidato da direita em 2010. A cúpula do PSDB cobrou ontem, em Goiânia, uma definição até dezembro do candidato do partido. O coro foi puxado pelo ex-governador Geraldo Alckmin e reforçado pelo presidente do partido, senador Sérgio Guerra (PE).

Os tucanos não esconderam a insatisfação - e também preocupação política - com os últimos movimentos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a favor da candidatura presidencial da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.

No encontro do PSDB na capital goiana, Sérgio Guerra disse que espera um acordo - sem necessidade de prévias - até dezembro entre os dois presidenciáveis tucanos, os governadores José Serra (São Paulo) e Aécio Neves (Minas Gerais).

"O Serra e o Aécio vão se entender ainda neste segundo semestre. Não haverá necessidade de prévias", afirmou. Até dezembro, os dois vão definir com o PSDB e os aliados os rumos da campanha", ressaltou.

Candidato derrotado em 2006 ao Palácio do Planalto, Geraldo Alckmin seguiu o mesmo discurso, com mais contundência do que Guerra. "O PSDB não deve entrar 2010 sem definição. O ideal é decidir até dezembro", disse.

"Até um ano atrás, não havia convergência política na relação entre os dois (Serra e Aécio). Agora, há total convergência", reforçou Sérgio Guerra.

vermelho.com

PRÉDIO AMANHECEU SEM FAIXAS


.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.


As faixas com reivindicações dos servidores públicos municipais fixadas pelo sindicato dos servidores de Monte azul, em sua maioria no dia 15 de outubro, dia da passeata dos servidores, foram arrancadas na manhã de hoje.Não durou nem 5 dias as marcas do protesto contra a atual administração.

Ao chegarmos ao local fomos informados pelo proprietário que desconhecido tinha entrado na construção e retirado as faixas, provavelmente na madrugada. Antes mesmo da chegada do presidente do Sindicato, Damastor Alves, apuramos que na verdade foi o próprio proprietário que retirou as faixas fixadas na construção.

A principio de oposição á administração, pelo menos é como se declara o proprietário da construção, Nonda, ficou conhecido mesmo pelo fato de ter jogado uma garrafa descartável cheia de um liquido mal cheirosa de cima do prédio no momento que passava na rua o delegado da cidade. Recém chegado para comandar a policia civil na comarca o delegado recebeu os respingos do liquido que se esparramou na queda da garrafa. Multidão se aglomerou para ver o desfecho do caso em que todos falaram que, sem rede de esgotos no prédio, Nonda tinha era urinado na garrafinha e jogado no delegado. O mesmo nega e pediu desculpas pelo acontecido.

Com o desenrolar da obra, encanamento pronto e a necessidade de direcionar o esgotamento sanitário para algum lugar, Nonda conseguiu 2 funcionários da prefeitura para auxiliar na colocação de canos de PVC ligando uma caixa em frente a construção que percorre a rua na distancia de um quarteirão, que passa em frente a delegacia, com destino ao esgoto que sai do mercado e vai cair no rio Tremedal, ontem fonte de água, hoje fétido receptor de esgotos.

Faltando poucos metros para se enterrar os canos e interligar o esgoto ilegal,pois nem mesmo a prefeitura tem autorização dos órgãos ambientais para jogar esgotos no rio Tremedal, a administração retirou os 2 funcionários que auxiliavam na obra, em retaliação as faixas. Foi o bastante para o prédio amanhecer desenfaixado.

Recolhidas por Damastor, as faixas da polemica terá outro destino a ser estudado, pois segundo o presidente o sindicato não desanimara com mais essa pressão e seus membros não são nenhum ¨ Tira Faixa¨, a luta continua.

domingo, 18 de outubro de 2009

DELEGACIA SUPERLOTADA: CARROS E MOTOS TOMAM LUGAR DOS FUNCIONÁRIOS.








A superlotação dos pátios é um retrato do que acontece na maioria das delegacias do Brasil. Carros guinchados são depenados nos pátios, automóveis com poucos anos de uso estão sem pneus, bancos, faróis e até motores. Para retirar veículos guinchados, os donos têm de quitar dívidas com multas e licenciamento. E também precisa pagar diárias pela permanência e os custos de guincho, num prazo de até 90 dias da apreensão. A lentidão da Justiça impede que os bens sejam leiloados antes que se percam no tempo.

Em Monte Azul, por não ter pátio, os veículos apreendidos, carros e motos, estão acumulando dentro e fora do prédio da delegacia da polícia civil. Os corredores internos, a sala de recepção e a pequena área na frente do prédio estão superlotados. A responsabilidade pelo bem apreendido leva a procura de opções pelo ¨ armazenamento ¨, e garagens e quintais dos funcionários da delegacia passa a serem utilizados como pátio, além da garagem da prefeitura municipal e outras opções disponíveis, isso pela constatação do alto numero de veículos irregulares circulando no município, sendo grande o numero de motos adquiridas sob qualquer forma de financiamento e que não estão em dia com o pagamento, tendo essas motos mandato de busca e apreensão em desfavor das mesma.

Motociclistas que pilotam nas ruas e avenidas de Monte Azul estão habituando a depararem com os bloqueios realizados pela Polícia Militar. Seja para verificar o estado de conservação das motos ou para averiguar se a documentação das motocicletas está em dia, diversos locais da cidade recebem rígidas operações policiais.

O ¨ transito ¨ de veículos pela delegacia e intenso, com uns entrando e outros sendo entregues com a regularização do motivo da apreensão, mas há aqueles que inevitavelmente terão que serem leiloados pois foram clonados. Esses veículos, após periciados e com o laudo, serão encaminhados para leilão. Mas enquanto os tramites estão em encaminhamento os mesmo se amontoam na PC.

Os principais motivos de apreensões de veículos são: falta de documentação do veículo ou da carteira nacional de habilitação (CNH), ilegibilidade ou adulteração de placas ou, ainda, a falta de uma das placas, motoristas que comentem manobras de exibição ou andam com placas ilegíveis, veículos que se envolveram em acidentes ou outras ocorrências policiais e ainda a falta de equipamentos de segurança. O proprietário recebe a notificação de apreensão com 10 dias e se em 90 dias não houver nenhuma manifestação, o veículo inicia os procedimentos para levá-lo a leilão.

Segundo o delegado Bruno Hussain, ¨ Este ano iremos bater o recorde em apreensões de motocicletas, no entanto o número de veículos que são regularizados e retirados estão em vantagem ”, destacou. O órgão, continua o delegado, passa por problemas relacionados à falta de pessoal, principalmente de escrivães, mas com um pouco de paciência todos serão atendidos.
Além disso, alertamos que se o veículo possuir débitos de IPVA, multas ou DPVAT, deverão ser quitados para que o veículo ou o documento sejam liberados.

Lacre
O Detran alterou o lacre usado pelo departamento no registro e no cadastramento das placas. Para evitar a clonagem desse objeto, o órgão estadual mudou a composição do lacre e permite que o número de série seja rastreado. A mudança deve ser completada e isso deve acontecer entre três e cinco anos, atingindo toda a frota do Estado.

Veja a seguir algumas infrações que cabe a apreensão do veículo ou do CRLV, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB):
Artigo 162 -

Dirigir Veículo:

I – Sem possuir Carteira Nacional de Habilitação ou Permissão para Dirigir.

Infração: gravíssima (7 pontos)
Penalidades: multa no valor de R$ 574,62 e apreensão do veículo;
III - Com Carteira Nacional de Habilitação ou Permissão para Dirigir de categoria diferente da do veiculo que esteja conduzindo.

Infração: gravíssima (7 pontos)
Penalidades: multa no valor de R$ 574,62 e apreensão do veículo;
Medida administrativa: recolhimento do documento de habilitação
Artigo 230 - Conduzir o veículo
§ I – com o lacre, a inscrição do chassi, o selo, a placa ou qualquer outro elemento de identificação do veículo violado ou falsificado; (Estabelecido a forma para comprovação pela RES. 22/98 – CONTRAN)
§ II – transportando passageiros em compartimento de carga, salvo por motivo de força maior, com permissão da autoridade competente e na forma estabelecida pelo CONTRAN; (Ver Res. 82/99 – CONTRAN)
§ IV – sem qualquer uma das placas de identificação;
§ V – que não esteja registrado e devidamente licenciado;
§ VI - com qualquer uma das placas de identificação sem condições de legibilidade e visibilidade;

Infração: gravíssima (7 pontos)
Penalidade: multa no valor de 191,54 e apreensão do veículo;
Medida administrativa – remoção do veículo

§ VII - com cor ou característica alterada;
§ IX – sem equipamento obrigatório ou estando este ineficiente ou inoperante;
§ XIII – com equipamento do sistema de iluminação e de sinalização alterados;
§ XVI – com vidros totalmente ou parcialmente cobertos por películas refletivas ou não, painéis decorativos ou pinturas;
§ XVIII – em mau estado de conservação, comprometendo a segurança.

Infrações: médias (4 pontos)
Penalidade: multa no valor de R$ 85,32

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

SERVIDORES MUNICIPAIS PROTESTAM NO DIA DO PREOFESSOR. - Dia do professor, dia da Independência do servidor municipal de Monte Azul.








Diversos trabalhadores, de diversas categorias, se reuniram na frente da Secretária de Educação do município de Monte Azul por volta das 9h nesse dia dos professores, em protesto contra o descumprimento dos acordos firmados pela prefeitura.

Acompanhados por um carro de som e portando diversas faixas, os trabalhadores iniciaram uma caminhada em direção ao prédio da Prefeitura e por volta das 10h, em frente ao prédio público, os manifestantes, após cantarem o hino nacional apresentaram suas reivindicações.

Ao microfone, a diretoria do sindicato afirmou que depois de várias rodadas de negociação realizadas, com as propostas apresentadas pela prefeitura não sendo cumpridas, e o não pagamento dos servidores municipais com casos de atraso variando de 15 dias a 6 meses levou, pela primeira vez na historia do lugar, a um movimento de protesto pelas ruas da cidade.

Antes desse manifesto, o sindicato e alguns servidores procuraram, nessa terça-feira (13), a promotoria pública e apresentou denuncia do caos causado pela falta de pagamento dos servidores municipais. Os manifestantes pretendem somente se reunir novamente com representantes da administração municipal para mais negociações se forem intermediados pelo ministério publico.

No momento em que o manifesto chegou a frente do prédio da prefeitura e durante todo o ato, um secretário do prefeito fez questão de ser visto anotando nomes, como quem preenche um ¨caderninho negro¨. O presidente do sindicato, ao microfone, censurou o secretário dizendo que os nomes ali constantes, são de eleitores e de pessoas que percorreram residências pedindo votos para Joaquim de Deja, que eleito lhe garantiu o emprego.

Em entrevista o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Monte Azul (Sismuma), Damastor Alves de Souza, se diz satisfeito com o protesto, pois apesar das ameaças e dos secretários terem se unido para coibirem os servidores em exercerem seus direitos, mais de 50 trabalhadores, destemidos desbravadores, foram ás ruas. O movimento recebeu o apoio da população, apesar de atrapalhar o transito já complicado na cidade, mas que está também prejudicada, como o comercio local, com atrasos nas contas dos que não receberam seus salários.

Um maior numero de servidores apoiaram de forma indireta, se desculpando por ter cedido ás pressões e pelo receio que a administração, como ameaçou os secretários, dificultar ainda mais o pagamento dos seus salários atrasados. Esses se juntaram á população nas calçadas, temendo serem filmados pela empresa contratada pela prefeitura que acompanhou o manifesto documentando não o fato, mas fazendo close do rosto dos que ali estavam, para cumprirem a promessa de vingança.

As faixas de protesto que percorreram ás ruas foram estendidas em um prédio, a mais alta construção da cidade, que sendo propriedade particular impede da administração mandar retirar, e em uma simbologia do crescimento do entendimento dos servidores dos seus direitos e dos deveres do patrão, coisa que é inédita por essas bancas segundo Élson Maradona, um dos diretores do sindicato.

Representantes dos servidores afirmaram que a categoria pode entrar em greve se o município não honrar com seus compromissos e acertar a folha.

BRASILIA CONFIDENCIAL


Clique na imagem para melhor vidualização.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

SINDICATO E REPRESENTANTES DOS SERVIDORES MUNICIPAIS TEM AUDIENCIA COM PROMOTOR PÚBLICO – O ¨comitê de recepção¨ apresenta quadro caótico da situação



Como acertado na assembléia do Sindicato dos Servidores Municipais de Monte azul, que aconteceu no salão do automóvel clube da cidade, o primeiro dia de trabalho do promotor de Justiça nomeado para a comarca, onde o Dr. Daniel Oliveira de Ornelas, o mais novo residente da cidade de Monte azul, recebeu a comissão de servidores em audiência. A reunião, pelo numero de representantes, aconteceu no salão do júri na terça-feira,13, primeiro dia útil da semana após feriado prolongado.

O sindicato apresentou a Dr. Daniel Ornelas uma denuncia contra o município, informando a atual situação do funcionalismo publico e solicita instalação de procedimento administrativo contra a administração pública de Monte Azul pelo não pagamento dos servidores municipais, com casos de quase 4 meses de atraso, e por se negar o município ao repasse dos direitos adquiridos do funcionalismo municipal.

Sugere a representação do sindicato o ajuizamento de Ação Civil Pública e possível Ação de Cobrança Com Pedido Tutelar Antecipada contra o referido município, em virtude do caos remuneratório instalado em Monte Azul, alegando que o salário para os trabalhadores nada mais representa a alimentação do funcionário e de sua família.

Após ouvir membros da diretoria e representantes dos professores e dos motoristas, o promotor solicitou que o presidente Damastor de Souza fosse ouvido pela assessoria da promotoria onde complementou o oficio. Espera os servidores públicos e a sociedade que o ministério público, após ouvir as partes e se inteirar do caso, solicite ao Juiz que interceda na regularização dos pagamentos e cumprimento dos direitos adquiridos dos servidores.

Vale lembrar que o Ministério Público é parte legítima para propor ação civil pública por ato de improbidade, requerendo a perda da função pública do gestor do poder executivo municipal pela falta de pagamento, contratação ilegal de funcionários e nepotismo, caso não acate proposição judicial.

BARRA MANSA NO CAMINHO DO TREM TURISTICO. Uma Luz no final do túnel para o trem baiano.


Depois de anunciar o convênio com o Ministério do Turismo, no valor de R$ 700 mil, para a reforma de 11 estações ferroviárias do trecho Barra Mansa - Ribeirão Vermelho, na segunda-feira, 5, representantes das prefeituras de Angra dos Reis, Rio Claro e Barra Mansa, se reuniram com Delmo Pinho, Subsecretário estadual de Transportes do Estado do Rio de Janeiro,e com Marcelo Spinelli , Presidente da FCA (Ferrovia Centro-Atlântica), para discutir questões técnicas sobre a revitalização do Trem da Mata Atlântica.
Para o governo do estado, o trem, que interligará as regiões da Costa Verde e do Vale do Café, será uma importante ferramenta de estímulo ao turismo, além de um ícone de resgate cultural.

Na quinta-feira, 8,uma equipe de engenheiros da FCA, concessionária responsável pela operação e manutenção da via, realizaram uma inspeção na ferrovia, desativada desde 1996, para verificando se a linha está em condições de operar com o tipo de material rodante disponível.

Em maio, a Oscip Movimento Nacional Amigos do Trem, de Juiz de Fora, conseguiu a cessão, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), de quatro locomotivas a álcool, seis vagões de passageiros e três automotrizes (veículo autopropulsores), que estavam abandonadas, para colocar um trem de turismo na região. A Amigos do Trem pretende reformar duas automotrizes e um vagão restaurante e colocá-los em funcionamento no primeiro semestre de 2010. Barra Mansa será a próxima a receber o material rodante para reforma.

Estão previstas no projeto a construção de uma estação em Angra dos Reis e reforma da estação de Rio Claro, que será localizada na beira do cais Santa Luzia, onde são atracados os transatlânticos que levam milhares de turistas ao município todo ano e também a reforma de nove carros de passageiros para o trem turístico. Será preciso, no mínimo, um ano e meio para recuperar vagões que estão em condições precárias. A recuperação é feita de forma artesanal. Está sendo analisada a possibilidade de implantação de uma litorina até que os vagões sejam reformados. A empresa Helucan, foi contratada para reformar os vagões que serão utilizados no projeto
Esta sendo marcada a assinatura do protocolo de intenções entre poder público e empresas da iniciativa privada interessadas na reativação da ferrovia.

¨ A implantação do trem turístico traz benefícios sociais aos municípios por onde passam as cargas. Também é uma fonte de relacionamento com a comunidade que contribui com a imagem da empresa ", disse Roberto Teixeira, gerente dos trens turísticos da FCA. Ele contou, ainda, que a empresa mantém por conta própria dois roteiros nas regiões históricas de Outro Preto e São João Del Rei, em Minas Gerais, havendo outros 14 pontos mapeados para ali se implantar a atividade turística.

Os novos trens turísticos na malha da FCA podem ser implantados tanto pelas parcerias com as empresas de turismo ferroviário como pela própria companhia. "A definição será de acordo com as características de cada localidade", explicou Teixeira.

Com a cooperação do Governo do Estado, dos municípios e das empresas locais, o projeto vem se mostrando cada vez mais viável. Durante o período em que esteve ativo, quando não havia ainda tal integração e união de forças, o sistema chegou a ter 95% de média de ocupação.

TREM BAIANO NA LISTA DO GOVERNO.

Na mesa do Diretor do Departamento de Assuntos Institucionais do Ministério dos Transportes, Dr. Afonso carneiro Filho, uma das maiores autoridades do governo Lula quando o assunto é revitalização ferroviária e que esta no governo desde as primeiras horas, esta uma relação de retorno e implantação de trens de passageiros e turismo em todo o país. A prioridade, é que já tem prazo para entrar em atividade, é o projeto ¨Pai da Aviação¨na região de Juiz de Fora, o segundo é o trem da região de Barra Mansa é o terceiro e o trem baiano.
A escolha das prioridades teve a ver com o desenvolvimento dos trabalhos em campo das organizações que propuseram esses projetos e depois a força política local, embora o aspecto de retorno financeiro é o ponto de vista dos empresários para investimento nesse produto.
Até agora tem funcionado essa lista de prioridades que há muito tempo vem sendo desenvolvida, embora esteja a mesma sob a influencia direta dos fatos em desenvo0lvimento, já que todo movimento, como indica o nome, é dinâmico.
Para o Norte de Minas existe dois projetos distintos, o do retorno do trem de passageiro no trecho Montes Claros e Monte Azul, que seria um trem de turismo, e a implantação de um trem regional no trecho Janaúba a Bocaiúva, passando por Montes Claros.
Para o retorno do trem baiano o projeto é reformar o velho trem que circulava na região e que esta sucateado no pátio da FCA em Sete lagoas, e para o trem regional, que recebeu o nome de ¨Trem do Sertão¨, o projeto é adquirir um trem moderno e aerodinâmico com funcionamento a diesel mas sem necessidade de locomotiva, pois as maquinas estão distribuídas em baixo dos carros de passageiros. É o chamado VLT, Veículo Leve Sobre Trilhos.
A implantação do Trem Baiano esta sendo desenvolvido no Ministério do Turismo é o do Trem do Sertão é um projeto desenvolvido pelo BNDES para a iniciativa privada. Ambos projetos estão sendo acompanhados pela Oscip Movimento Sócio Turístico Cultural Amigos do Trem Baiano.

REDUÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO EM 4 HORAS SEMANAIS E AUMENTO PARA APOSENTADOS.



Clique na imagem para ampliar.

BRASILIA CONFIDENCIAL - Menos oito deputados na bancada de Aécio.



clique na imagem para ampliar.

sábado, 10 de outubro de 2009

EM ASSEMBLÉIA, FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DE MONTE AZUL OPTAM POR DENUNCIA AO MINISTÉRIO PÚBLICO E PARADA DE PROTESTO.







Na manhã desse sábado, 10 de outubro, o sindicato dos servidores municipais de Monte Azul fez realizar uma assembléia para discutir a situação dos servidores do município. Com presença de toda a diretoria e cerca de 150 funcionários públicos a reunião iniciou seus trabalhos com a palavra de seu presidente Damastor de Souza, que relatou a situação atual a que passa os servidores municipais. Colocou o presidente que é atípico, não somente a situação, mas também a solução a ser indicada como caminho pelo sindicato. Solicitar instalação de procedimento administrativo ao ministério público contra o município e uma parada de protesto no dia 15 de outubro, dia do professor.
Nas palavras da professora contratada, Fernanda Custódio, ao se fazer ouvida pelos presentes a reunião, a situação é difícil e humilhante. Sem pagamento a três meses, quando recebeu o salário de junho no inicio desse mês ficou desalentada ao ir ao banco. O dinheiro depositado ficou no banco para cobrir o saldo devedor com a instituição financeira, e a ida ao banco nos atualizou o real conhecimento de nossa situação.
Declara a professora que quando se dirigiu a prefeitura para ver quando iria receber pelo trabalho prestado recebeu foi humilhação da administração. Diz que ouviu do setor foi que ela não tinha direito de falar nada, que estava contratada porque era vontade dos mandatários e que poderia ser despedida quando eles quisessem. Que tinha que trabalhar mesmo sem receber ou seria a culpada pelo fechamento da escola que trabalha.
Fernanda expôs que o professor tem que estudar para conseguir ser bom profissional. Como uma criança não aprende com a barriga vazia, com fome, um professor não consegue se alimentar e nem estudar sem receber.
Foi enfática ao declarar que o profissional tem que se valorizar. Se despedidos forem, não encontrarão profissionais a altura da substituição. Finaliza a professora reclamando que o contratado, além de ser negado o 13º salário, agora também não tem direito ao pagamento mensal.
Anselmo Ferreira, representante dos garis, reclamou da falta de uniformes para trabalho e dos equipamentos velhos. Disse que os carrinhos são da época de Dr. Paulo, ou seja, de aproximadamente 10 anos de uso constante. Anselmo congratulou-se com os garis presentes e afirmou que sua classe foi intimidada e ameaçada com demissão se fosse a reunião do sindicato. Reclamou que os motoristas do setor, que trabalham nos carros arrendados de terceiros, receberam o aviso da prefeitura ¨ Se quiserem pode sair, mas esse mês vocês não irão receber ¨, sendo esse o terceiro mês de atraso. Foi aplaudido quando declarou que nada vai impedir os garis de aderirem a parada no dia 15 e finaliza dizendo ¨ Enquanto eles cuidam dos bois deles, nos estamos na cidade recolhendo a sujeira ¨.
Já Carlinhos, motorista da prefeitura, em apoio a Anselmo, Pegou o microfone para dizer ¨Não vamos mais ser humilhados. Até agora não apareceu nossa bandeira, a que apareceu foi somente a deles. Chega. Basta.
O vice presidente do sindicato, Professor Nelson, concitou a todos a se organizarem citando Karl Marx e solicitou o apoio para o protesto do dia 15, onde iriam todos manifestar seu descontentamento com a situação. Declarou que o sindicato não é contra o prefeito, mas é totalmente contra a humilhação que todos estão passando, e que brigar pelo direito não pode gerar demissões, e se acaso acontecer o sindicato estará lado a lado com o demissionário.

PALAVRA FRANCA
O pedreiro Roberto Carlos Lima,utilizando a palavra franqueada, diz que o servidor municipal está machucado, pois a situação está tão difícil que o nome de muitos foi parar no SPC. Afirma que o medo até agora tem arrasado com a vida do empregado da prefeitura, insinuando o assedio moral e ameaças dos patrões.
Enquanto eles estão crescendo, fazendo mansões, nossa casa ta caindo. Se ficarmos como estamos iremos de mal a pior, temos que lutar, reinvidicar.
A professora Elaine Custódio conclamou a luta pelos direitos e melhores condições pois o que se conseguiu até hoje foi através de luta e esforço. Elaine disse que os servidores foram ameaçados com retaliações e de morte se participassem dos protestos, mas afirma que se ficarem com medo do prefeito e dos secretários nada irão conseguir. E concretiza falando que o prefeito passa e o servidor continua e se sentiria uma covarde se sua classe fosse as ruas e ela não estivesse presente.
A também professora Luciene Silveira declara que os problemas são muitos e a luta não vai ser fácil. Que além de não receberem em dia seus proventos, falta material, falta carteiras e a merenda, quando tem, é em dia alternado. Afirma que todos conhecem seus direitos, o que falta é coragem.Emocionada contou que seu irmão, também funcionário público, chegou para ela e disse ¨Me ajude, pois estou sem receber¨. Nessa parte do seu depoimento, ao microfone e diante a platéia, Luciene foi contida pelas lagrimas que lhe veio aos olhos e por alguns segundos sua voz calou-se. Foi aplaudida pelos colegas, pouco depois continuou, ¨ Aí a gente procura as autoridades, se referindo aos administradores públicos municipais, e eles riem da cara da gente.Tratam-nos com ironia. Depois se revigoriza e declara ¨Se tivermos que morrer lutando, nos iremos morrer¨.
Elton Nunes, o Eltinho do alistamento militar, contou que uma filha sua que hoje mora em Montes Claros chegou para ele e disse ter perdido o primeiro voto dela. Ele a questionou afirmando que não, pois seu Joaquim tinha ganho as eleições. Ela então reafirma sua posição, colocando a difícil situação do município e afirmando para concretizar seu pensamento - ¨E o senhor está ai sem receber ¨. Depois de dizer que sua filha afirmou que não o acompanha mais em seu voto Eltinho finaliza ,¨ Se um presidente a gente colocou para fora, um prefeito...¨.
O diretor Elson Hermógenes, o Maradona, o mesmo que segundo o vereador Francisco de Assis estava presente quando foi ameaçado de tomar um tiro de 12, declarou que mesmo sendo chamado de capeta pelo secretário e filho do prefeito, o Haroldo, no momento de assinar o ponto na entrada da prefeitura, não tem nada pessoal contra o prefeito, mas que é contra a maneira dele administrar.
Maradona lembrou que na época da administração do Dr. Paulo ele teve que ir na rádio defender os direitos dos colegas, perseguidos pelo prefeito, porque o sindicato era omisso. Agora ele faz parte de uma diretoria do sindicato onde todos votaram no atual prefeito mas estão ao lado dos servidores. Foi categórico ao afirmar que os membros do sindicato lutara pelos servidores, mesmo com seus dias de serviços cortados quando se afastam por poucas horas para prestar serviço ao sindicato e embora sejam covardemente ameaçados.
Mais uma vez vem a tona as ameaças de morte, onde Maradona, lembrando os que morreram por mãos de assassinos de aluguel por discordarem dos donos do poder, arremata dizendo ¨ Até perdoamos os que receberam para matar, mas os que mandaram, esses um dia irão pagar ¨.

DIA DO PROTESTO, DIA DE VESTIR PRETO.
A mesa diretora coloca em votação na assembléia do sindicato dos servidores público municipais o dia 15 de outubro, dia do professor, como dia de protesto a favor dos direitos do servidor municipal, com saída ás nove horas da manhã da frente da secretaria de educação, que fica em frente a biblioteca publica municipal, percorrendo as ruas até o mercado, passando em frente a prefeitura e retornando ao ponto de saída. A aceitação foi unânime, com todos os presentes que poderiam votar se levantando em sinal de aprovação.
Foi colocado que os presentes se vistam de preto, ou vestuário que predomine essa cor. Que portem faixas e cartazes em favor dos direitos do servidor.
A administração será notificada da posição dos servidores e do dia do protesto em oficio na terça-feira, e todas as exigências legais serão cumpridas pelo sindicato para levar adiante o dia 15 como o Dia Da Independência do Servidor Municipal.

PROMOTORIA DE JUSTIÇA SERÁ ACIONADA
Também ficou acertado em assembleia que o primeiro dia de trabalho do novo promotor de Justiça em Monte azul, será também o dia da apresenta de oficio do sindicato solicitando ao Dr. Daniel Oliveira de Ornelas a instalação de proscedimento administrativo contra o municipio de Monte Azul pelo não pagamento dos servidores municipais.
Sugere a representação do sindicato o ajuizamento de Ação Civil Pública e possível Ação de Cobrança Com Pedido Tutelar Antecipada contra o referido município, em virtude do caos remuneratório instalado em Monte Azul, alegando que o salario para os trabalhadores, nada mais representa que a confirmação de sua mesa, sua alimentação e de sua familia.

FUNASA EM CATUTI PARA POR FALTA DE EQUIPAMENTO - Vereador teme o retorno da epidemia de dengue no municipio.


A dengue, doença virótica infecciosa transmitida por mosquito, corre o risco de se transformar em uma grande epidemia em Catuti nos próximos meses. A preocupação nos foi repassada pelo vereador José Aparecido, oposição na Câmara municipal de Catuti, que está preocupado com a situação dos funcionários da FUNASA naquele município.
“O verão está voltando e o ciclo de reprodução do mosquito não foi quebrado em Catuti”, avaliou o vereador Jose Aparecido. O vereador teme que a epidemia recrudesça com a aproximação dos meses de calor e chuvas, com conseguente explosão no número de casos por consequência do período de chuvas e do armazenamento inadequado de água e do acúmulo de lixo na cidade.

Segundo José Aparecido, os funcionários que trabalham no setor no município estão parados por não terem equipamentos de trabalho. Todo equipamento de proteção que seria de responsabilidade da administração municipal esta em falta. Tem hoje, 10 de outubro, 22 dias que a equipe se desloca para o local de trabalho, e por não ter o necessário para desenvolverem o trabalho de combate a dengue e por ordem da FUNASA, ficam parados cumprindo simplesmente o horário.

As principais providências da FUNASA desde o inicio do convenio com o município foi a transferência de funcionário e equipamentos, o fornecimento de inseticidas e larvacidas, além do repasse direito de recursos (fundo a fundo). Mas no convenio a prefeitura entra com mais funcionários e com o equipamento de proteção, além de combustível para deslocamento da equipe. A atual administração não vem cumprindo com o contrato.

Salienta o vereador que a equipe do comitê de combate a dengue nunca teve acesso a todo o equipamento, e agora não contam nem com o básico, o mínimo necessário e acressenta ¨ Se o pior acontecer a administração municipal será responsabilizada pela consequencia de seus atos¨.

SUPERMERCADO SORTEIA PRÊMIOS PARA CONSUMIDORES – Equipe do Café Letícia percorre cidade por 2 dias em caminhão se som.





O locutor Luis Guilherme, de Montes Claros, percorre municípios do norte de Minas divulgando o Café Letícia com caminhão de som. Auxiliado pelo motorista e faz tudo Farley, esteve em frente ao supermercado Luciano, na praça Francisco Telles, bairro Pernambuco, fazendo divulgação do seu produto e auxiliando nosa sorteios de prêmios a consumidores, clientes de Meiry e Sil.

No sábado, 10 de outubro, após as nove horas da manhã, a equipe fez o sorteio da Promoção Cozinha Premiada Café Letícia no supermercado Luciano. Para participarem da promoção os clientes que fizeram a compra de um pacote ou mais de 500 gramas do Café Letícia preencheu um cupom e depositou na urna no próprio supermercado.
No sorteio no sábado o cliente Jorge da Costa, que mora no município de Mamonas e efetuou compra em Monte azul ganhou um armário de cozinha (foto), e Janete Carla, de Monte Azul, ganhou uma batedeira.

No mesmo sábado Meire sorteou o cupom dos participantes da promoção da coca cola, que deu um forno elétrico para Telma Gonçalves, que preencheu um cupom ao efetuar compra de coca cola de litro retornável.

Aproveitando a oportunidade o supermercado Luciano ainda fez o sorteio do Café Serra Nova, que deu um fogão para Santilha Pereira e um ferro eletrico para Maria de Joel e um liquificador para Edna Ferreira.
Em pleno mês de outubro com clima de natal na praça do Pernambuco. Monte Azul tem comercio forte e diversificado e o consumidor sendo premiado.

CATUTI - REPUBLIQUETA DAS BANANAS.


Quando o Brasil, na época da ditadura militar, fazia propaganda do tipo: BRASIL , AME-O OU DEIXE-O, éramos chamados pelo próprios brasileiros de republica das bananas , fazendo referencia ao fruto como única divisa nacional. O produto que Carmen Miranda, a grande atriz que divulgou o ainda paizinho de merda no primeiro mundo com um monte de frutas tropicais na cabeça, e em destaque um cacho de bananas.

Passados os tempos, hoje com o Brasil como destaque na mídia mundial, o pais que levou o Rio de Janeiro a sediar as olimpíadas de 2016, o país do pré-sal, o presidente Lula com repercussão nacional, enfim, a trancos e barrancos sendo um destaque mundial.....um agora município de merda, embora na região sudeste desse país de destaque, volta a ser uma ¨ republica das bananas ¨ ou melhor ¨ uma republiqueta das bananas ¨.

Pequeno, pequeninissimo em extensão territorial, sem destaque hídrico ou mineral. Sem cavernas, montanhas ou outros recursos naturais. Sem gás natural ou reservas outras. Sem qualquer privilegio da natureza a não ser pelo seu povo, sua população,Catuti por algum tempo conseguiu prosperar e destacar-se no norte das Minas Gerais. Não por outra causa, repetimos, além de seus filhos, seu tesouro.

Hoje, entregue a estrangeiros, extra-terresteres, não nativos, exploradores como o Brasil foi de Portugal e outras nações estrangeiras que aqui vieram saquear, roubar e até mesmo estrupar, Catuti retorna a ser uma republiqueta das bananas.
A população votou e, mesmo com baixo índice,ainda aprova Hélio Pinheiro. Embora até agora não tenha revelado administrador é bem quisto como individuo, cidadão e até mesmo bom companheiro de copo, farras, festa e cantorias em geral.

Eleito prefeito de Catuti, apoiado pelo ex-prefeito Jose Barbosa, o Zinga, hoje vive as turras com seu criador. Perdido entre o querer fazer bem e atender promessas de campanha, vislumbra o poder em dois mandatos sem que,após um ano das eleições que o confirmaram como chefe do executivo, ter iniciado de fato o mandato. Um fiasco emfim.

Todos sabem que a prefeitura de catuti é uma viúva besta e de posses, onde os urubus fazem ronda e a festa.No meio de quem tenta administrar temos os corvos, aves de rapina que circulam sobre a carniça, com pura intenção de ¨ encher a barriga ¨ .
O prefeito não manda, não administra e está perdido como cachorro que cai de caminhão de mudança. Uma lastima.

Para voltarmos a republiqueta de bananas, voltemos as entranhas do prédio público municipal. Quem manda, quem tenta dar as ordens como se prefeito fosse não é nada mais que um abestaiado, bípede com mente de quadrúpede.

Um zezim das bananas qualquer. Aquele que liga do telefone do gabinete do prefeito para alguma secretaria e anuncia que quer atendimento especial para alguém, idiota como ele, que ¨se acha¨ e quer extrapolar os serviços públicos, bem municipal.
Um banana, com cérebro de ameba e dentes de serpente que, não mais que de repente, passa a dar as ordens em detrimento ao chefe do executivo. Para tentar favorecer suposta amiga de infancia de Mato Verde se arvora em mandatário do município e tenta impedir trabalhadores de circo montado na cidade e iniciar seus trabalhos, embora tenham o alvará de funcionamento expedido. O circo da amiguinha estava a caminho e o palhaço-mór do circo em que se transformou a prefeitura ameaça, segundo testemunhas, até retirar o sargento Flávio, comandante do destacamenmto militar,caso a polícia interviesse em favor dos amparados pela Lei.Ausente e omisso o alcaide sorve o veneno da besta-fera e espalha ao seu redor. O poder engrandece tanto quanto Imbeciliza.

O temor, o medo, a insegurança enfim é que o poder de uma administração eleita pode durar por quatro anos. Tempo muito longo aos que sofrem e enxergam o ¨ fim do poço ¨, a estagnação e mesmo o retrocesso do município.
E pensar que aqueles que repudiavam os oito anos das duas administrações do ex-prefeito Zinga, aqueles chorões que achavam ser insuportável aquentar um chefe do executivo municipal que com ¨ mão de ferro ¨ que não distinguia amigos mas via apenas munícipes, e que inseguro no microfone se atinha a administração, choram hoje o passado de obras e acontecimentos.Chorar o que achavamos ruim é péssimo, lastimoso, mas chorão tá aí para isso. Pior é ver mel derretendo, arrependido.Qualquer apicultor pode atestar que mel quando fica verde é porque esta perdido, improprio para o consumo humano.

Que relate os beneficiados por essa administração atual de Catuti o que tem realizado no município, a que veio a esperança do verde. Responda os zezins da banana, os tonins contador e joãos marcos da vida a que veio Helio Pinheiro. Embora no inicio da administração mostrem ao povo um beneficio que tenha planejado, executado e colocado para funcionar. NADA.

É lastimável um povo chorar, oposição e situação, um prefeito sem coração como Zinga. Um ¨unha-de-fome¨, uma pedra com mão de ferro.Mas enfim, sem depreciar os atuais produtores de banana, o côco tem melhor preço no mercado, infelismente.

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

APÓS MUITOS ANOS SEM PROMOTOR DA COMARCA, MONTE AZUL RECEBE PROMOTOR DE JUSTIÇA EM SUBSTITUIÇÃO A DR. ALI.


O promotor de Justiça titular da comarca de Porteirinha, Dr. Ali Mahmoud Fayez Ayoub, eficiente promotor que vinha respondendo pela comarca de Monte azul, e aqui trabalhava em média duas vezes por semana, entregará a promotoria a um dos 25 promotores aprovados no 48º concurso para ingresso na carreira do Ministério Público do Estado de Minas Gerais, e que foi designado para Monte azul. Trata-se do Dr. Daniel Oliveira de Ornelas, que inicia os trabalhos no fórum desembarcador Hugo Bengtsson Júnior na terça-feira (13).

Dr. Daniel tomou posse na quinta-feira, dia 06/08, durante sessão solene da Câmara de Procuradores de Justiça, realizada no salão nobre de reuniões da Procuradoria-Geral de Justiça, presidida pelo procurador-geral de Justiça, Alceu José Torres Marques, acompanhado pelo corregedor-geral do Ministério Público, Márcio Heli de Andrade. Desde então se prepara para assumir uma comarca.

Um promotor de justiça morando na nossa cidade representa para a maioria dos munícipes, um povo pobre e sofrido em constante luta pela conquista de justiça social, a esperança.

Transferência de Recursos por Município Exercício: 2009


Total destinado ao município de MONTE AZUL/MG:
R$ 9.938.629,49

Segundo o site://www.portaltransparencia.gov.br

Assistência Social - Ações Socioeducativas e de Convivência para Crianças e Adolescentes em Situação de Trabalho Serviço Socioeducativo – PETI R$ 80.000,00

Educação - Apoio à Alimentação Escolar na Educação Básica R$ 44.510,40

Habitação - Apoio à Elaboração de Planos Habitacionais de Interesse Social R$ 15.264,00

Agricultura - Apoio a Projetos de Desenvolvimento do Setor Agropecuário R$ 574.750,00

Educação - Apoio ao Transporte Escolar na Educação Básica PNATE R$ 105.063,46

Encargos Especiais - Apoio Financeiro aos Municípios para Compensação da Variação Nominal Negativa Acumulada dos Recursos Repassados pelo Fundo de Participação dos Municípios -FPM entre os Exercícios de 2008 e 2009 R$ 1.308,63

Encargos Especiais - Auxilio Financeiro aos Entes Federados Exportadores R$ 23.109,50

Assistência Social - Avaliação e Operacionalização do Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social e Manutenção da Renda Mensal Vitalícia BPC R$ 400,00

Assistência Social - Concessão de Bolsa para Crianças e Adolescentes em Situação de Trabalho Transferência de Renda – PETI R$ 2.200,00

Educação - Dinheiro Direto na Escola para a Educação Básica PDDE R$ 60.280,71

Encargos Especiais - Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação - FUNDEB R$ 430.982,91

Encargos Especiais - Fundo de Participação dos Municípios - FPM (CF, art.159) FPM - CF art. 159 R$ 4.426.671,34

Saúde - Incentivo Financeiro aos Estados, Distrito Federal e Municípios Certificados para a Vigilância em Saúde Vigilância em Saúde R$ 46.640,70

Saúde - Piso de Atenção Básica Variável - Saúde da Família PAB Variável - PSF R$ 1.087.486,00

Comércio e Serviços - Promoção de Eventos para Divulgação do Turismo Interno R$ 300.000,00

Encargos Especiais - Recursos para a Repartição da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico - CIDE-Combustíveis CIDE - Combustíveis R$ 18.683,39

Assistência Social - Serviço de Apoio à Gestão Descentralizada do Programa Bolsa Família Indice de Gestão Descentralizada - IGD R$ 34.400,05

Assistência Social - Serviço Socioeducativo para Jovens de 15 a 17 anos Projovem Adolescente R$ 52.762,50

Assistência Social - Serviços de Proteção Social a Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência, Abuso e Exploração Sexual e suas Famílias CREAS R$ 36.000,00

Assistência Social - Serviços de Proteção Social Básica às Famílias PAIF/CRAS
R$100.800,00

Assistência Social - Serviços Específicos de Proteção Social Básica Serviço de Proteção Social Básica para Criança e Idoso R$ 121.182,40

Encargos Especiais - Transferência a Estados, Distrito Federal e Municípios para Compensação da Isenção do ICMS aos Estados Exportadores - (art. 91 ADCT) Transferências - LC n.º 87/96 e 115/2003 R$ 9.371,84

Assistência Social - Transferência de Renda Diretamente às Famílias em Condição de Pobreza e Extrema Pobreza (Lei nº 10.836, de 2004) Bolsa Família R$ 2.072.063,00

Encargos Especiais - Transferência para Municípios - Imposto Territorial Rural Transferência - ITR - Municípios R$ 912,08

Encargos Especiais - Transferências do Fundo Especial dos Royalties pela Produção de Petróleo e Gás Natural (Lei nº 7.525, de 1986 - Art.6º) Royalties R$ 54.252,95

Saúde - Vigilância Sanitária de Produtos, Serviços e Ambientes, Tecidos, Células e Órgãos Humanos Vigilância Sanitária R$ 3.165,82

Saúde - Incentivo Financeiro aos Estados, Distrito Federal e Municípios para Execução de Ações de Vigilância Sanitária Vigilância Sanitária R$ 6.705,84

Saúde - Piso de Atenção Básica Fixo PAB Fixo R$ 229.661,97

Instituições norte-mineiras se unem em defesa da vida


A necessidade de compartilhar a responsabilidade para enfrentar os problemas que atingem a sociedade brasileira, principalmente as comunidades mais carentes, foi tema do Fórum Internacional de Solidariedade Tecnológica, realizado na última quarta-feira, 07 de outubro, na sede da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Montes Claros.

O encontro reuniu representantes do Distrito 4760 do Rotary Internacional, Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG), Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Montes Claros, Unimontes, Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (AMAMS) e Fundação do Vale do Gorutuba. Também participaram do fórum o presidente do Instituto Nacional de Tecnologia Industrial da Argentina (INTI), Enrique Martinez, e o diretor do Centro de Tecnologias para a Saúde e Pessoas com Deficiência, Rafael Kohanoff.

Na abertura do evento, a governadora do Distrito 4760 do Rotary Internacional, Maria Inês Silveira Carlos disse que a maior contribuição que o Rotary pode dar aos municípios é trabalhar pela conscientização das entidades de classe e da população em geral na participação dos Comitês de Defesa da Vida. “A base de sustentação do Rotary é a responsabilidade social e queremos nos unir à iniciativa do Governo de Minas, através da Secretaria de Estado de Saúde para fortalecer os Comitês de Defesa da Vida, que representam uma política pública cujos resultados dependem exatamente da co-responsabilidade e da participação efetiva da comunidade”, observa.
Edgardo Cáceres, Membro do Comitê Estadual de Defesa da Vida, disse que apesar de todo avanço tecnológico, milhões de pessoas, em todo mundo, ainda morrem por causa evitáveis e que a cooperação e solidariedade tecnológica são fundamentais para fortalecimento dos Comitês e redução dos índices de mortalidade. “É preciso que a tecnologia seja utilizada a favor da vida. Esse fórum é o marco de uma importante parceria firmada entre o Estado de Minas e a Argentina que vai construir experiências práticas que beneficiarão o Norte de Minas”, ressalta.

Tecnologia solidária
No dia 06 de outubro, o Governo de Minas, através das secretarias de Saúde, Ciências, Tecnologia e Ensino Superior, Desenvolvimento Social e Extraordinária dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas firmaram um acordo de cooperação técnica com o Instituto Nacional de Tecnologia Industrial da Argentina. O acordo tem como objeto a união de esforços para criação e difusão de tecnologia solidária, de forma a impulsionar o desenvolvimento humano sustentável e integral do Brasil e Argentina.

No fórum, Cárceres apresentou os equipamentos tecnológicos desenvolvidos pelo INTI para facilitar a vida das pessoas com mobilidade reduzida, que poderão ser desenvolvidos no Norte de Minas, através da Unimontes e faculdades da região. “Ao falar em solidariedade tecnológica, estamos falando em compartilhar conhecimento que beneficiará o maior número de pessoas possível”, completa.

O presidente do INTI, Enrique Martinez falou sobre a atuação do instituto na economia social que tem como fundamento a construção coletiva do conhecimento e gestão compartilhada. “A assessoria tecnológica oferecida pelo INTI tem ajudado instituições públicas e empresas, principalmente de pequeno porte, a criar um ambiente favorável à inovação em áreas estratégicas. A partir desse acordo firmado entre Minas Gerais e o INTI, poderemos, por exemplo, compartilhar com a Secretaria de Estado de Saúde as tecnologias criadas para facilitar a acessibilidade de pessoas com deficiências visual, auditiva e motora”, avalia.

O vice-reitor da Unimontes e diretor do Hospital Universitário Clemente Faria, João dos Reis Canela disse que a universidade vai propor ao município a criação de um acordo para abordagem de pessoas com deficiência, totalmente subsidiado pelo SUS. “A proposta é que, ao receber o diagnóstico da deficiência auditiva, por exemplo, o usuário obtenha a prótese que o ajude a escutar. É preciso abrir as portas do serviço público para reincluir as pessoas com deficiências”, ponderou o médico.

Estratégia
No encerramento do fórum, o presidente da Fundação de Desenvolvimento Tecnológico do Norte de Minas (Fundetec), Alexandre Pires Ramos, disse que no próximo mês de novembro, uma comitiva formada por representantes de diversas instituições e empresas do Norte de Minas visita a Argentina para conhecer as inovações tecnológicas desenvolvidas pelo INTI. “A proposta é trazer para o Norte de Minas novas tecnologias que beneficiem todas as áreas. A meta é investir, primeiro, nos municípios da Serra Geral de Minas e, depois, estender esses benefícios para toda região”, conclui.

Assessoria de Comunicação Social
Gerência Regional de Saúde de Montes Claros
Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais


Crédito foto: Jerúsia arruda/GRS-MOC

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

PORTÃO DE RESIDÊNCIA CRAVADO DE BALAS


Na madrugada de sábado (3), por volta das 2 horas e 30 minutos, indivíduos ainda não identificados efetuaram 3 disparos de armas de fogo contra a residência do mecânico Messias Vianei Brasilino Oliveira, 33 anos, que reside no bairro Pernambuco em Monte azul.
Os três tiros foram disparados contra o portão da casa, mas um dos projeteis atravessou a residência e atingiu a parede dos fundos, caindo no chão da cozinha.
Missias recebeu anteriormente ameaças contra sua vida por telefone, onde o ameaçante utilizou recurso de chamada não identificada de celular para dificultar o reconhecimento e não sabe dizer o motivo levou os marginais a o ameaçarem e atirar contra sua residência.
No momento dos disparos ele e sua esposa dormiam na sala e acordaram com o impacto dos projeteis no portão e barulho de motor.
Duas armas foram utilizadas nos disparos, provavelmente um revolver 38 e uma P.40, isso levando-se em conta os projeteis recolhidos pela policia civil que esteve no local e fez a ocorrência para apuração dos fatos.

domingo, 4 de outubro de 2009

JOGO SUJO - Caracteristicas de Negociação dos Déspotas em detrimento ao avanço técnico e das Leis.


Os professores que retornaram as aulas e os que se mantêm no firme propósito de receberem seus vencimentos atrasados denunciam artimanha do poder.

Segundo os servidores da educação quando os pais dos alunos perguntam na prefeitura quando o setor vai voltar a normalidade e quando seus filhos poderão voltar a estudar , a informação é dada de modo truncado, colocando os pais contra os professores.

Os servidores em greve desconfiam que na última reunião dos mesmos com a administração foi armado com alguns pais para lá estarem e pressionar os profissionais com a retirada dos alunos, matriculando-os em outras escolas, prejudicando o município no senso escolar do ano que vem. Como se culpa fosse dos que trabalharam e não receberam.

Senhores pais, se os professores e servidores da educação não estão trabalhando é porque a administração não está honrando os compromissos anteriores e pagando o salário de fome acertado com os mesmo. Tres meses trabalhando sem receber para um profissional com formação e salário pouco mais do minimo.Em 1888 foi abolida a escravidão e com ela a chibata. Os secretários e adjuntos, cujos salários figuram entre os maiores da região, não admitiriam ficar seguer um mês sem a confirmação do depósito bancário.

A administração de Monte Azul incorre em improbidade administrativa quando atua nos moldes a que vem procedendo. A improbidade administrativa é um cancro que corrói a administração pública pelo seu efeito perverso, que afeta a vida da sociedade causando descrédito e revolta contra a classe dirigente em geral. Improbidade é o mesmo que desonestidade, mau caráter, falta de honradez.

Segundo o presidente do sindicato dos trabalhadores municipais,Damastor Alves, quando alertou o prefeito Joaquim de Deja para não proceder como da última vez em que foi prefeito e deixou muitos funcionários sem receberem seus salários ao fim do seu mandato, a resposta foi ¨E mesmo assim tive mais votos nessa eleição do que na última¨.

Vale informar a um dos mais velhos ¨coroneis da politica¨ em atividade no Brasil, que os quadros estão mudando, no país e no município: Temos novo juiz e novo delegado. Embora Dr. Bruno Salmen esteja se despedindo da cidade para um município no sul de Minas, mais perto dos seus familiares paulistas. O delegado vai ser substituído por dois delegados que irão atuar em Monte Azul. Para juntar forças jurídicas ao Dr. Thiago Gandra teremos, pela primeira vez em muitos anos, um promotor residente em Monte azul.

A comunicação em Monte azul acompanhou seu desenvolvimento nacional. Temos implantadas aqui duas operadoras de telefonia celular, a Tim e a Claro, além de uma terceira operadora, a Vivo,cujo sinal vem dos municípios visinhos e adentram a zona rural das terras monteazulinas.

Temos no município duas empresas de serviços de internet que está espalhada por muitos estabelecimentos comerciais como ferramenta de trabalho muito necessária, e em muitas residências essa janela para o mundo atualiza conhecimentos. Monte Azul fornece o sinal de internet para o interior do município, chegando aos municípios visinhos. Nesse mesmo serviço eletrônico o cidadão tem livre acesso aos sites do governo federal onde está disponível o montante de verbas que adentram os cofres públicos municipais, não adiantando mentir para os incautos afirmando, como sou testemunha, que o município recebe 50 mil reais por mês, como me contou um magarefe na frente da prefeitura no dia em que o filho do prefeito, o Haroldo, gritou pela janela do logradouro público que ¨minha batata tava assando¨.

O quadro mudou, os profissionais param de trabalhar quando não recebem. Os grevistas declaram seus infortúnios e desagrado com o poder nas mídias disponíveis, não escondendo suas identidades, para espanto do ¨poder¨.

E a mídia, senhor prefeito. Os profissionais da comunicação vem ao município para mostrar ao Brasil a quantas anda a vida do cidadão. Monte azul não está isolada do mapa geopolítico do Brasil. Devagar, e isso não é sonho, adentraremos ao século XXI também na política local. E viva a democracia.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

MODERNIZAÇÃO DO CORONELISMO


O Coronelismo é símbolo de autoritarismo e impunidade. Suas práticas remontam do Caudilhismo e do Caciquismo que provêm dos tempos da colonização do Brasil. Ganhou força na época do Primeiro Reinado, chegando ao final do século XIX tomando conta da cena política brasileira. O coronelismo é entendido também como o Conjunto de ações políticas de caráter local, onde se aplica o domínio econômico e social para a manipulação eleitoral em causa própria ou de particulares. Fenômeno social e político típico da República Velha, caracterizado pelo prestígio de um chefe político e por seu poder de mando. Por deterem o poder econômico, enquanto mais necessitada a população local maior é o poder dos coronéis e piores seus ¨cães de guarda¨.

A descrição parece texto sair de uma pagina de um livro de história, desses distribuídos pelo governo atualmente ou encontrado na pesquisa do Google na internet. Mero engano. Embora estarmos vivenciando o século XXI o texto é uma descrição, uma tentativa de manutenção do poder em Monte Azul, cidade do Norte de Minas Gerais, e por incrível que possa parecer, situada na região mais desenvolvida de um pais que se diz respeitado pelo mundo globalizado em que vivemos

O fato é oficial pois esta gravado em vídeo particular e também pelo sistema de som da câmara municipal de Monte Azul, embora nem tudo o que se fala durante o uso da tribuna naquela casa é registrado na ata discutida na reunião seqüente como reclamou o vereador oposicionista Marcilio Soares na reunião da quinta feira primeiro de outubro. Reclamava o edil do não relato nos anais das palavras do diretor do sindicato dos servidores municipais de Monte Azul, Elson Hermógenes, o Maradona, quando reclamando do atraso de três meses no salário dos servidores contratados reclamou do alto numero de cargos de confianças com altíssimos salários e denunciou nepotismo e a existência de funcionários fantasmas e acrescentou ¨Se o prefeito não esta sabendo administrar, temos um vice¨ acenado aos vereadores com a possibilidade de casacão do democrata Joaquim Gonçalves Sobrinho, o Joaquim de Deja.
Agora, também fazendo uso da tribuna em reunião ordinária da casa, o vereador Francisco de Assis, situacionista, relata a retaliação que esta sendo vitima o sindicalista Elson, após seu posicionamento a favor dos servidores e de repudia aos atos da atual administração, embora tenha sido um ¨cabo eleitoral¨do atual prefeito. O vereador Di Assis afirmou ao microfone de que foi testemunha do momento em que Elson foi ameaçado de ser calado com um tiro de 12, em referencia a arma longa de grosso calibre. Advertiu também o vereador aos presentes, funcionários municipais em greve por falta de pagamento de salário, que serão perseguidos, retaliados e mesmo mandados embora, por estarem pressionando para recebimento de seus proventos.
Gravado em mídia moderna do século XXI atos do século XIX. E a maior prova que a mentalidade, não somente dos governantes mas também da maioria da população monteazulina, esta circunscrito aos meandros do século XIX é que oficialmente os fatos vivenciados pelos munícipes ainda não chegaram ao fórum da cidade, embora se arrastem precipício abaixo nos últimos quatro meses.O sindicato e o poder legislativo se não entendermos como omissos, seremos obrigados a rotula-los submissos. Falta de confiança nas leis e medo da 12.